quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Obediência à Palavra

Série: É Natal!
20/12/2017

Lucas 2:24 (NTLH)
“Eles foram lá também para oferecer em sacrifício duas rolinhas ou dois pombinhos, como a Lei do Senhor manda.” 

Obediência à Palavra

O nascimento de Jesus é bênção para seus “pais”, para o Povo de Deus e, pela fé, para todos os que creem em Seu Nome.

José e Maria foram se alegrar com isso e para expressar essa alegria e gratidão eles cumprem a Lei do SENHOR apresentando o menino Jesus para sua dedicação ao SENHOR e oferecendo seus sacrifícios como oferta a Deus.

Essa é uma preciosa lição… Obediência à Palavra.

O nascimento de Jesus nos leva a obedecer a Palavra de Deus com alegria e gratidão, tal como José e Maria fizeram.

Dessa forma, dediquemo-nos ao SENHOR de todo o nosso coração e ofereçamos sacrifícios de louvor e adoração, nossas ofertas e dízimos para expressar nossa alegria e gratidão e nossa obediência à Palavra.

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 7
Mateus capítulo 5

Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Começou com os pais...

Série: É Natal!
15/12/2017

Lucas 2:22 (NTLH)
“Chegou o dia de Maria e José cumprirem a cerimônia da purificação, conforme manda a Lei de Moisés. Então eles levaram a criança para Jerusalém a fim de apresentá-la ao Senhor.” 

Começou com os pais...

Que Jesus cumpriu a Lei de Moisés já é bem sabido. Isso nos trouxe grande libertação e graça para nossa vida cristã. 

O que muitas vezes passa despercebido é que foram seus pais que iniciaram todo esse processo. 

Jesus, enquanto homem encarnado, nasceu bebê, cresceu como uma criança, se desenvolveu como adolescente e chegou à maturidade como adulto.

Assim, ao oitavo dia, seus pais O levaram para o cumprimento da Lei de Moisés. 

Certamente seus pais foram zelosos para ensinarem Jesus no caminho que se deve andar, conforme Pv 22:6.

Por outro lado, Jesus foi obediente aos pais e, sobretudo, ao Pai Celestial. Bendito seja Seu Nome eternamente por sua obediência. 

Sua obediência nos trouxe grande salvação. 
Sua obediência começou com os seus pais. 

E vocês, pais, têm levado seus filhos para obedecerem a Lei de Deus? Tem ensinado o caminho da obediência? 

Que neste Natal de Jesus, o Espírito Santo nos leve à disposição para cumprirmos a Palavra do SENHOR.

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 6
Mateus capítulo 4

Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Guarde essa Palavra.

Série: É Natal!
14/12/2017

Lucas 2:19 (NTLH)
“Maria guardava todas essas coisas no seu coração e pensava muito nelas.” 

Guarde essa Palavra.

O mundo é cheio de ruídos. Barulho de gente, de máquinas, automóveis, vento, chuva, televisão, música… sons e ruídos.

Alguns são puro tormento. Outros, são harmoniosos e relaxantes. Ainda outros são vigorosos e estimulantes.

Alguns são dignos de descarte imediato. Outros, merecem ser guardados na memória auditiva e serem frequentemente revisitados para meditação e discernimento.

Jacó guardou consigo mesmo o sonho contado por José  enquanto os irmãos de José intentavam contra ele…(Gn 37.11). Mais tarde, a verdade foi revelada.

Davi, fugindo de Saul, ouvindo as palavras dos servos do rei de Gate,  “guardou estas palavras, considerando-as consigo mesmo”,  e teve o discernimento que lhe salvou a vida. (1Sm 21:12).

E mesmo que as Palavras sejam “perturbadoras”, no primeiro momento, é prudente fazer como o Profeta Daniel, que disse: “Quanto a mim, Daniel, os meus pensamentos muito me perturbaram, e o meu rosto se empalideceu; mas guardei estas coisas no coração.” (Daniel 7:28). 

O Apóstolo Paulo nos ensina: “Examinem tudo, fiquem com o que é bom” (1Ts 5:21).

No Natal de Jesus ouve-se muitas coisas. Algumas devem ser descartadas de imediato, pois evidentemente contrariam a Palavra de Deus. Outras, entretanto, devem ser guardadas no coração. Guardadas porque já são promessas ou guardadas para uma posterior revisitação e discernimento em tempo oportuno.

Sobre Jesus, o Pai disse: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi.” (Mt 17:5).

Guarde essa Palavra no coração. Você perceberá que são palavras de vida eterna.

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 5
Mateus capítulo 3
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Vamos lá! Depressa!

Série: É Natal!
13/12/2017

Lucas 2:15 (NTLH)
“Quando os anjos voltaram para o céu, os pastores disseram uns aos outros:
— Vamos até Belém para ver o que aconteceu; vamos ver aquilo que o Senhor nos contou.” 

Vamos lá!

Aqueles homens ouviram os anjos, viram a luz gloriosa, ficaram sabendo do nascimento de Jesus, o cumprimento da promessa, o Salvador.

Ouviram o coral cantando: “Glória a Deus nas maiores alturas do céu! E paz na terra para as pessoas a quem ele quer bem!”

Quando os anjos voltaram, a visão acabou e o som cessou… O que eles fizeram?

Foram até Belém para ver com os próprios olhos o que o Senhor lhes contou. Foram até Jesus.

Tem gente que ouvem o testemunho, veem a transformação das pessoas, ouvem e cantam as músicas da igreja, percebem que o testemunho é real e verdadeiro… Mas, na hora de irem até Jesus… ficam paralisados.

Jesus nasceu! Vá até Ele. Atenda o Seu chamado. Queira ter o encontro pessoal com o Rei dos reis, Senhor dos senhores, Jesus, o Salvador.

Faça como aqueles homens fizeram:
“Eles foram depressa, e encontraram Maria e José, e viram o menino deitado na manjedoura. Então contaram o que os anjos tinham dito a respeito dele. Todos os que ouviram o que os pastores disseram ficaram muito admirados.”

Vamos lá! O que você está esperando?

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 4
Mateus capítulo 2
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Não tenha medo!

Série: É Natal!
12/12/2017

Lucas 2:10 (NTLH)
"mas o anjo disse:
— Não tenham medo! Estou aqui a fim de trazer uma boa notícia para vocês, e ela será motivo de grande alegria também para todo o povo!"

Não tenha medo! 

É estranho imaginar que um acontecimento bom possa gerar medo...

Na verdade, quando percebemos que algo pode trazer grandes mudanças em nossas vidas, o medo acaba sendo um sentimento natural... Porém, quando Deus está no comando, sempre haverá uma voz que consola, conforta e traz encorajamento para tomarmos a decisão necessária e, sobretudo, fazermos a vontade de Deus.

Os pastores tiveram medo:
"Então um anjo do Senhor apareceu, e a luz gloriosa do Senhor brilhou por cima dos pastores. Eles ficaram com muito medo."
Lucas 2:9 (NTLH)

Entretanto, as Boas Novas, o Evangelho, de Jesus Cristo, deu a eles a coragem necessária para seguirem a direção que Deus já tinha planejado para eles.

No Natal de Jesus é assim... Ele lança fora todo o medo, pois o Seu amor está conosco, Ele mesmo é o Deus conosco, nosso Ajudador, Refúgio e Fortaleza...

De quem teremos medo?

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 4
Mateus capítulo 2
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Dê lugar em seu coração.

Série: É Natal!
11/12/2017

Lucas 2:7 (NTLH)
“Então Maria deu à luz o seu primeiro filho. Enrolou o menino em panos e o deitou numa manjedoura, pois não havia lugar para eles na pensão.”

Dê lugar em seu coração.l

Jesus foi colocado em uma manjedoura porque não havia lugar na pensão.

Ainda hoje Jesus nasce em manjedouras existenciais...

Corações endurecidos, vidas que rejeitam e não dão lugar ao Salvador...

Mentes altivas e soberbas, pessoas arrogantes e presunçosas, orgulho e auto-suficiência, são marcas de pessoas que rejeitam o Salvador... São pensões lotadas que não dão lugar ao Senhor.

Porém, quando em meio à dor e angústia seus corações se tornam manjedouras... Eis que chega o natal em suas vidas. Jesus nasce, pois ao toque do poder de Deus, Ele não rejeita o contrito e abatido de coração.

A humildade foi a marca de Jesus do nascimento ao sepultamento. Ela precede a honra e a glória da ressurreição e ascensão aos céus.

Portanto, dê lugar a Jesus em seu coração.
O natal de Jesus, marcando nossa humilde condição, será o prenúncio de um futuro glorioso e eterno.

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 3
Mateus capítulo 1
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

O cumprimento da promessa.

Série: É Natal!
07/12/2017

Lucas 2:4 (NTLH)
“Por isso José foi de Nazaré, na Galileia, para a região da Judeia, a uma cidade chamada Belém, onde tinha nascido o rei Davi. José foi registrar-se lá porque era descendente de Davi.” 

O cumprimento da promessa.

O nascimento de Jesus trouxe consigo o cumprimento de várias promessas profetizadas pelos antigos profetas.

Dentre tantas, o profeta Miquéias profetizou:
“O SENHOR Deus diz:
— Belém-Efrata, você é uma das menores cidades de Judá, mas do seu meio farei sair aquele que será o rei de Israel.”  (Miquéias 5:2)

Assim, as circunstâncias geo-políticas do contexto social na ocasião do nascimento de Jesus estavam sendo orquestradas pela Providência Divina para que José e Maria fossem para a cidade de Belém e, dessa forma, o nascimento de Jesus lá cumprisse, afinal, a Palavra do SENHOR profetizada por Miquéias.

É importante destacar que essas circunstâncias eram sofríveis e muitas vezes carregadas de perseguição e ataques à fé do povo de Deus.

Entretanto, mesmo quando tudo parece estar contra nós e o sofrimento bate à porta da nossa experiência, os ataques parecem vir de todas as direções e a fé está sob perseguição ou enfraquecida… Lembre-se, o Natal de Jesus promove cumprimento das promessas do SENHOR em nossas vidas.

Firme-se em Deus, em Sua Palavra para fortalecer sua comunhão com Ele, conhecer mais e melhor Suas promessas ricas e preciosas.
Observe a Providência de Deus em vez das circunstâncias adversas.
Lembre-se de que quando Jesus nasce em nossas vidas, promessas são cumpridas!

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 3
Isaías capítulo 55
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Naquele tempo...

Série: É Natal!
06/12/2017

Lucas 2:1 (NTLH)
“Naquele tempo o imperador Augusto mandou uma ordem para todos os povos do Império. Todas as pessoas deviam se registrar a fim de ser feita uma contagem da população.” 

Naquele tempo…

O nascimento de Jesus é histórico, isto é, Ele, enquanto homem, nasceu e viveu no tempo e espaço histórico como todo ser humano.

Viveu em sociedade, sob um governo de uma nação, cercado pela cultura, sujeito ao clima, atuante profissionalmente e etc.

Foi filho, amigo, irmão, cidadão, fiel cumpridor de sua missão, mestre e um fantástico ser humano.

Naquele tempo o mundo, governado majoritariamente pelo Império Romano, tinha um contexto social, tecnológico, idiomático, econômico e religioso parecido com o nosso tempo atual, resguardadas as devidas proporções.

Estradas romanas facilitavam as viagens. O idioma grego dominava a comunicação. Impostos exorbitantes. Políticos corruptos. Saúde precária. Educação de qualidade só para uma minoria. Apostasia e frieza espiritual dominavam a população. Enfim, desafios parecidos, problemas por toda parte, carência, dificuldades e muita falta de fé.

É nesse tempo que Jesus nasce, vive e realiza a maior obra já vista na humanidade. Deus se fez homem para salvar o mundo. E isso foi por amor!

Como naquele tempo, hoje também é tempo de Jesus nascer em nossos corações.

Deixe a resistência que o mundo com o seu próprio tempo impõe de lado e renda-se ao Amor do Pai, ao chamado do Espírito Santo, à Voz do Evangelho, à Graça do Senhor Jesus, ao poder do Eterno Deus e veja Jesus nascendo em seu coração e transformando sua vida, livrando o coração aflito com a unção de alegria da Salvação no Cristo que vive e reina para sempre. Em qualquer tempo, como foi naquele tempo.

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 2
Isaías capítulo 9
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

sábado, 2 de dezembro de 2017

Mãe é tudo igual…

Pv 31:1 (NTLH)
“São estas as palavras solenes que a mãe do rei Lemuel lhe disse:” 

Mãe é tudo igual… 

É interessante observar o comportamento das mães… Elas se preocupam com o bem estar dos filhos, orientam a evitar o excessos, a imprudência e a buscar uma vida que pratica a justiça.

O capítulo 31 de Provérbios é um clamor de uma mãe. Ela reconhece a bênção que é ser mãe: “Você é o meu filho querido, a resposta das minhas orações.” v.2

Maria, a mãe de Jesus, demonstrava o zelo próprio de uma mãe amorosa e cuidadosa. Acompanhou Jesus em seu ministério e reconheceu ser Ele o Messias prometido, a misericórdia lembrada por Deus.

Preciosas são as mães. Cuidem delas filhos. Honre-as. Ame-as. Valorize-as.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 1
Isaías capítulo 49
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Quando tudo parece desabar…

Pv 30:1 (NTLH)
“Deus não está comigo,
Deus não está comigo.
Estou desamparado.” 

Quando tudo parece desabar…

O céu se escurece e o sol deixa seu brilho e fulgor.

A alegria se ausenta, o riso amarela, o olhar embaça e os joelhos ficam vacilantes.

O sentimento de desamparo é real. O cansaço é enorme. A impressão de estupidez é quase palpável.

Porém, quando tudo parecer desabar, fique sabendo, “tudo o que Deus diz é verdade. Ele é como um escudo para todos os que procuram a sua proteção.” Pv 30:5

Jesus viveu o pior momento em que Deus, o Pai,  parecia estar ausente. Mas, o que começou em sofrimento, trevas e sepultura, terminou em ressurreição, Sol da Justiça e Vida abundante.

Então, nunca pense que Deus o abandonou. A verdade é que a Sua Palavra nunca deixará de ser cumprida em nossas vidas.

“Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão.” 
Mateus 24:35


Leia a Bíblia:
Isaías capítulo 55
Mateus capítulo 24
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

Mas, que desgraça é essa!

Pv 29:4 (NTLH)
“Quando o governo é justo, o país tem segurança; mas, quando o governo cobra impostos demais, a nação acaba na desgraça.” 

Mas, que desgraça é essa!

Qual o sonho do cidadão? Segurança, educação, saúde, justiça?

Alguns advogam o Estado Mínimo. Outros, o Estado Forte e controlador para garantir a justiça.

Enquanto isso, o cidadão comum, o que tem o voto me suas mãos, padece pela discussão ideológica-política e vive uma desgraça de situação social, insegurança, falta de saúde e na ignorância do analfabetismo funcional.

É… Só mesmo em termos de sonho é que pode-se definir o desejo do cidadão, pois a realidade nua e crua que a carga tributária pesadíssima praticada enquanto os poderosos discutem qual é a melhor iniciativa para o país, demonstram que a nação está em desgraça. E o povo padece.

Que Jesus Cristo, que nos ensinou dar a César o que é de César, nos capacite a viver conforme seu ensinamento, pois cada dia que passa está mais difícil.

Bem, as eleições estão à porta. Quem sabe essa capacitação vem pelo discernimento em quem iremos colocar para nos representar nos poderes legislativo e executivo…

Oremos e busquemos esse discernimento.


Leia a Bíblia:
1 Timóteo capítulo 2
Romanos capítulo 13
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…