quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Obediência à Palavra

Série: É Natal!
20/12/2017

Lucas 2:24 (NTLH)
“Eles foram lá também para oferecer em sacrifício duas rolinhas ou dois pombinhos, como a Lei do Senhor manda.” 

Obediência à Palavra

O nascimento de Jesus é bênção para seus “pais”, para o Povo de Deus e, pela fé, para todos os que creem em Seu Nome.

José e Maria foram se alegrar com isso e para expressar essa alegria e gratidão eles cumprem a Lei do SENHOR apresentando o menino Jesus para sua dedicação ao SENHOR e oferecendo seus sacrifícios como oferta a Deus.

Essa é uma preciosa lição… Obediência à Palavra.

O nascimento de Jesus nos leva a obedecer a Palavra de Deus com alegria e gratidão, tal como José e Maria fizeram.

Dessa forma, dediquemo-nos ao SENHOR de todo o nosso coração e ofereçamos sacrifícios de louvor e adoração, nossas ofertas e dízimos para expressar nossa alegria e gratidão e nossa obediência à Palavra.

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 7
Mateus capítulo 5

Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Começou com os pais...

Série: É Natal!
15/12/2017

Lucas 2:22 (NTLH)
“Chegou o dia de Maria e José cumprirem a cerimônia da purificação, conforme manda a Lei de Moisés. Então eles levaram a criança para Jerusalém a fim de apresentá-la ao Senhor.” 

Começou com os pais...

Que Jesus cumpriu a Lei de Moisés já é bem sabido. Isso nos trouxe grande libertação e graça para nossa vida cristã. 

O que muitas vezes passa despercebido é que foram seus pais que iniciaram todo esse processo. 

Jesus, enquanto homem encarnado, nasceu bebê, cresceu como uma criança, se desenvolveu como adolescente e chegou à maturidade como adulto.

Assim, ao oitavo dia, seus pais O levaram para o cumprimento da Lei de Moisés. 

Certamente seus pais foram zelosos para ensinarem Jesus no caminho que se deve andar, conforme Pv 22:6.

Por outro lado, Jesus foi obediente aos pais e, sobretudo, ao Pai Celestial. Bendito seja Seu Nome eternamente por sua obediência. 

Sua obediência nos trouxe grande salvação. 
Sua obediência começou com os seus pais. 

E vocês, pais, têm levado seus filhos para obedecerem a Lei de Deus? Tem ensinado o caminho da obediência? 

Que neste Natal de Jesus, o Espírito Santo nos leve à disposição para cumprirmos a Palavra do SENHOR.

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 6
Mateus capítulo 4

Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Guarde essa Palavra.

Série: É Natal!
14/12/2017

Lucas 2:19 (NTLH)
“Maria guardava todas essas coisas no seu coração e pensava muito nelas.” 

Guarde essa Palavra.

O mundo é cheio de ruídos. Barulho de gente, de máquinas, automóveis, vento, chuva, televisão, música… sons e ruídos.

Alguns são puro tormento. Outros, são harmoniosos e relaxantes. Ainda outros são vigorosos e estimulantes.

Alguns são dignos de descarte imediato. Outros, merecem ser guardados na memória auditiva e serem frequentemente revisitados para meditação e discernimento.

Jacó guardou consigo mesmo o sonho contado por José  enquanto os irmãos de José intentavam contra ele…(Gn 37.11). Mais tarde, a verdade foi revelada.

Davi, fugindo de Saul, ouvindo as palavras dos servos do rei de Gate,  “guardou estas palavras, considerando-as consigo mesmo”,  e teve o discernimento que lhe salvou a vida. (1Sm 21:12).

E mesmo que as Palavras sejam “perturbadoras”, no primeiro momento, é prudente fazer como o Profeta Daniel, que disse: “Quanto a mim, Daniel, os meus pensamentos muito me perturbaram, e o meu rosto se empalideceu; mas guardei estas coisas no coração.” (Daniel 7:28). 

O Apóstolo Paulo nos ensina: “Examinem tudo, fiquem com o que é bom” (1Ts 5:21).

No Natal de Jesus ouve-se muitas coisas. Algumas devem ser descartadas de imediato, pois evidentemente contrariam a Palavra de Deus. Outras, entretanto, devem ser guardadas no coração. Guardadas porque já são promessas ou guardadas para uma posterior revisitação e discernimento em tempo oportuno.

Sobre Jesus, o Pai disse: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi.” (Mt 17:5).

Guarde essa Palavra no coração. Você perceberá que são palavras de vida eterna.

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 5
Mateus capítulo 3
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Vamos lá! Depressa!

Série: É Natal!
13/12/2017

Lucas 2:15 (NTLH)
“Quando os anjos voltaram para o céu, os pastores disseram uns aos outros:
— Vamos até Belém para ver o que aconteceu; vamos ver aquilo que o Senhor nos contou.” 

Vamos lá!

Aqueles homens ouviram os anjos, viram a luz gloriosa, ficaram sabendo do nascimento de Jesus, o cumprimento da promessa, o Salvador.

Ouviram o coral cantando: “Glória a Deus nas maiores alturas do céu! E paz na terra para as pessoas a quem ele quer bem!”

Quando os anjos voltaram, a visão acabou e o som cessou… O que eles fizeram?

Foram até Belém para ver com os próprios olhos o que o Senhor lhes contou. Foram até Jesus.

Tem gente que ouvem o testemunho, veem a transformação das pessoas, ouvem e cantam as músicas da igreja, percebem que o testemunho é real e verdadeiro… Mas, na hora de irem até Jesus… ficam paralisados.

Jesus nasceu! Vá até Ele. Atenda o Seu chamado. Queira ter o encontro pessoal com o Rei dos reis, Senhor dos senhores, Jesus, o Salvador.

Faça como aqueles homens fizeram:
“Eles foram depressa, e encontraram Maria e José, e viram o menino deitado na manjedoura. Então contaram o que os anjos tinham dito a respeito dele. Todos os que ouviram o que os pastores disseram ficaram muito admirados.”

Vamos lá! O que você está esperando?

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 4
Mateus capítulo 2
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Não tenha medo!

Série: É Natal!
12/12/2017

Lucas 2:10 (NTLH)
"mas o anjo disse:
— Não tenham medo! Estou aqui a fim de trazer uma boa notícia para vocês, e ela será motivo de grande alegria também para todo o povo!"

Não tenha medo! 

É estranho imaginar que um acontecimento bom possa gerar medo...

Na verdade, quando percebemos que algo pode trazer grandes mudanças em nossas vidas, o medo acaba sendo um sentimento natural... Porém, quando Deus está no comando, sempre haverá uma voz que consola, conforta e traz encorajamento para tomarmos a decisão necessária e, sobretudo, fazermos a vontade de Deus.

Os pastores tiveram medo:
"Então um anjo do Senhor apareceu, e a luz gloriosa do Senhor brilhou por cima dos pastores. Eles ficaram com muito medo."
Lucas 2:9 (NTLH)

Entretanto, as Boas Novas, o Evangelho, de Jesus Cristo, deu a eles a coragem necessária para seguirem a direção que Deus já tinha planejado para eles.

No Natal de Jesus é assim... Ele lança fora todo o medo, pois o Seu amor está conosco, Ele mesmo é o Deus conosco, nosso Ajudador, Refúgio e Fortaleza...

De quem teremos medo?

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 4
Mateus capítulo 2
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Dê lugar em seu coração.

Série: É Natal!
11/12/2017

Lucas 2:7 (NTLH)
“Então Maria deu à luz o seu primeiro filho. Enrolou o menino em panos e o deitou numa manjedoura, pois não havia lugar para eles na pensão.”

Dê lugar em seu coração.l

Jesus foi colocado em uma manjedoura porque não havia lugar na pensão.

Ainda hoje Jesus nasce em manjedouras existenciais...

Corações endurecidos, vidas que rejeitam e não dão lugar ao Salvador...

Mentes altivas e soberbas, pessoas arrogantes e presunçosas, orgulho e auto-suficiência, são marcas de pessoas que rejeitam o Salvador... São pensões lotadas que não dão lugar ao Senhor.

Porém, quando em meio à dor e angústia seus corações se tornam manjedouras... Eis que chega o natal em suas vidas. Jesus nasce, pois ao toque do poder de Deus, Ele não rejeita o contrito e abatido de coração.

A humildade foi a marca de Jesus do nascimento ao sepultamento. Ela precede a honra e a glória da ressurreição e ascensão aos céus.

Portanto, dê lugar a Jesus em seu coração.
O natal de Jesus, marcando nossa humilde condição, será o prenúncio de um futuro glorioso e eterno.

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 3
Mateus capítulo 1
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

O cumprimento da promessa.

Série: É Natal!
07/12/2017

Lucas 2:4 (NTLH)
“Por isso José foi de Nazaré, na Galileia, para a região da Judeia, a uma cidade chamada Belém, onde tinha nascido o rei Davi. José foi registrar-se lá porque era descendente de Davi.” 

O cumprimento da promessa.

O nascimento de Jesus trouxe consigo o cumprimento de várias promessas profetizadas pelos antigos profetas.

Dentre tantas, o profeta Miquéias profetizou:
“O SENHOR Deus diz:
— Belém-Efrata, você é uma das menores cidades de Judá, mas do seu meio farei sair aquele que será o rei de Israel.”  (Miquéias 5:2)

Assim, as circunstâncias geo-políticas do contexto social na ocasião do nascimento de Jesus estavam sendo orquestradas pela Providência Divina para que José e Maria fossem para a cidade de Belém e, dessa forma, o nascimento de Jesus lá cumprisse, afinal, a Palavra do SENHOR profetizada por Miquéias.

É importante destacar que essas circunstâncias eram sofríveis e muitas vezes carregadas de perseguição e ataques à fé do povo de Deus.

Entretanto, mesmo quando tudo parece estar contra nós e o sofrimento bate à porta da nossa experiência, os ataques parecem vir de todas as direções e a fé está sob perseguição ou enfraquecida… Lembre-se, o Natal de Jesus promove cumprimento das promessas do SENHOR em nossas vidas.

Firme-se em Deus, em Sua Palavra para fortalecer sua comunhão com Ele, conhecer mais e melhor Suas promessas ricas e preciosas.
Observe a Providência de Deus em vez das circunstâncias adversas.
Lembre-se de que quando Jesus nasce em nossas vidas, promessas são cumpridas!

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 3
Isaías capítulo 55
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Naquele tempo...

Série: É Natal!
06/12/2017

Lucas 2:1 (NTLH)
“Naquele tempo o imperador Augusto mandou uma ordem para todos os povos do Império. Todas as pessoas deviam se registrar a fim de ser feita uma contagem da população.” 

Naquele tempo…

O nascimento de Jesus é histórico, isto é, Ele, enquanto homem, nasceu e viveu no tempo e espaço histórico como todo ser humano.

Viveu em sociedade, sob um governo de uma nação, cercado pela cultura, sujeito ao clima, atuante profissionalmente e etc.

Foi filho, amigo, irmão, cidadão, fiel cumpridor de sua missão, mestre e um fantástico ser humano.

Naquele tempo o mundo, governado majoritariamente pelo Império Romano, tinha um contexto social, tecnológico, idiomático, econômico e religioso parecido com o nosso tempo atual, resguardadas as devidas proporções.

Estradas romanas facilitavam as viagens. O idioma grego dominava a comunicação. Impostos exorbitantes. Políticos corruptos. Saúde precária. Educação de qualidade só para uma minoria. Apostasia e frieza espiritual dominavam a população. Enfim, desafios parecidos, problemas por toda parte, carência, dificuldades e muita falta de fé.

É nesse tempo que Jesus nasce, vive e realiza a maior obra já vista na humanidade. Deus se fez homem para salvar o mundo. E isso foi por amor!

Como naquele tempo, hoje também é tempo de Jesus nascer em nossos corações.

Deixe a resistência que o mundo com o seu próprio tempo impõe de lado e renda-se ao Amor do Pai, ao chamado do Espírito Santo, à Voz do Evangelho, à Graça do Senhor Jesus, ao poder do Eterno Deus e veja Jesus nascendo em seu coração e transformando sua vida, livrando o coração aflito com a unção de alegria da Salvação no Cristo que vive e reina para sempre. Em qualquer tempo, como foi naquele tempo.

É Natal. Jesus Reina.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 2
Isaías capítulo 9
Evangelho de Marcos, um capítulo por dia, todos os dias…

sábado, 2 de dezembro de 2017

Mãe é tudo igual…

Pv 31:1 (NTLH)
“São estas as palavras solenes que a mãe do rei Lemuel lhe disse:” 

Mãe é tudo igual… 

É interessante observar o comportamento das mães… Elas se preocupam com o bem estar dos filhos, orientam a evitar o excessos, a imprudência e a buscar uma vida que pratica a justiça.

O capítulo 31 de Provérbios é um clamor de uma mãe. Ela reconhece a bênção que é ser mãe: “Você é o meu filho querido, a resposta das minhas orações.” v.2

Maria, a mãe de Jesus, demonstrava o zelo próprio de uma mãe amorosa e cuidadosa. Acompanhou Jesus em seu ministério e reconheceu ser Ele o Messias prometido, a misericórdia lembrada por Deus.

Preciosas são as mães. Cuidem delas filhos. Honre-as. Ame-as. Valorize-as.

Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 1
Isaías capítulo 49
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Quando tudo parece desabar…

Pv 30:1 (NTLH)
“Deus não está comigo,
Deus não está comigo.
Estou desamparado.” 

Quando tudo parece desabar…

O céu se escurece e o sol deixa seu brilho e fulgor.

A alegria se ausenta, o riso amarela, o olhar embaça e os joelhos ficam vacilantes.

O sentimento de desamparo é real. O cansaço é enorme. A impressão de estupidez é quase palpável.

Porém, quando tudo parecer desabar, fique sabendo, “tudo o que Deus diz é verdade. Ele é como um escudo para todos os que procuram a sua proteção.” Pv 30:5

Jesus viveu o pior momento em que Deus, o Pai,  parecia estar ausente. Mas, o que começou em sofrimento, trevas e sepultura, terminou em ressurreição, Sol da Justiça e Vida abundante.

Então, nunca pense que Deus o abandonou. A verdade é que a Sua Palavra nunca deixará de ser cumprida em nossas vidas.

“Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão.” 
Mateus 24:35


Leia a Bíblia:
Isaías capítulo 55
Mateus capítulo 24
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

Mas, que desgraça é essa!

Pv 29:4 (NTLH)
“Quando o governo é justo, o país tem segurança; mas, quando o governo cobra impostos demais, a nação acaba na desgraça.” 

Mas, que desgraça é essa!

Qual o sonho do cidadão? Segurança, educação, saúde, justiça?

Alguns advogam o Estado Mínimo. Outros, o Estado Forte e controlador para garantir a justiça.

Enquanto isso, o cidadão comum, o que tem o voto me suas mãos, padece pela discussão ideológica-política e vive uma desgraça de situação social, insegurança, falta de saúde e na ignorância do analfabetismo funcional.

É… Só mesmo em termos de sonho é que pode-se definir o desejo do cidadão, pois a realidade nua e crua que a carga tributária pesadíssima praticada enquanto os poderosos discutem qual é a melhor iniciativa para o país, demonstram que a nação está em desgraça. E o povo padece.

Que Jesus Cristo, que nos ensinou dar a César o que é de César, nos capacite a viver conforme seu ensinamento, pois cada dia que passa está mais difícil.

Bem, as eleições estão à porta. Quem sabe essa capacitação vem pelo discernimento em quem iremos colocar para nos representar nos poderes legislativo e executivo…

Oremos e busquemos esse discernimento.


Leia a Bíblia:
1 Timóteo capítulo 2
Romanos capítulo 13
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

É melhor obedecer.

Pv 28:9 (NTLH)
“Deus despreza até as orações de quem não obedece à sua lei.” 

É melhor obedecer.

O pensamento do “politicamente correto” também permeia a esfera religiosa.
Pensar que Deus pode desprezar orações é inadmissível para muitos, afinal, Deus é Amor, é Bom, é Pai…

Porém, o compromisso de Deus está em Sua Palavra. O homem sempre busca ocupar o centro desse relacionamento pensando que tudo pode ser feito e será aceito por Deus. Leva isso ao extremo ao desobedecer deliberadamente a Palavra e ainda achar que terá voz diante do Trono de Deus…

A única oração de um pecador ouvida e atendida por Deus é a oração de confissão e arrependimento.

“Quem tenta esconder os seus pecados não terá sucesso na vida, mas Deus tem misericórdia de quem confessa os seus pecados e os abandona.” PV 28:13

A rebeldia e a revolta contra Deus só trazem mazelas e sofrimento, seja no aqui-agora ou no eterno-porvir.

“Quem teme o SENHOR é feliz, mas quem se revolta contra ele cairá na desgraça.” Pv 28:14

Então, é melhor obedecer a Palavra de Deus.

Quem pretende ter um relacionamento de amor com o Pai, quer ser ouvido em suas orações, perdoado de seus pecados, ser transformado pelo Espírito Santo de Deus, ter comunhão com o Senhor, ser conhecido por Jesus e, finalmente, ser salvo da morte eterna, é melhor obedecer.

Obedecer é estar unido com Cristo, superando nossa própria inclinação da carne para sermos inclinados à ação do Espírito Santo.

“Se vocês ficarem unidos comigo, e as minhas palavras continuarem em vocês, vocês receberão tudo o que pedirem.” João 15:7

Obedecer é amar o Deus Triúno (Pai, Filho e Espírito Santo) e corresponder o Seu amor considerando em primeiro lugar Seus mandamentos em vez de nossos pensamentos. Só assim, o amor do Pai permanecerá.

“Se obedecerem aos meus mandamentos, eu continuarei amando vocês, assim como eu obedeço aos mandamentos do meu Pai e ele continua a me amar.” João 15:10

Obedecer é confessar!

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” 1 João 1:9 (ARA)

“Meus filhinhos, escrevo isso a vocês para que não pequem. Porém, se alguém pecar, temos Jesus Cristo, que faz o que é correto; ele nos defende diante do Pai.” 1 João 2:1

Portanto, é melhor obedecer!

Leia a Bíblia:
Isaís capítulo 59
João capítulo 16 e 17
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Cuidado com gente falsa.

Pv 27:6 (NTLH)
“O amigo quer o nosso bem, mesmo quando nos fere; mas, quando um inimigo abraçar você, tome cuidado!” 

Cuidado com gente falsa.

“Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração” 
Milton Nascimento

Existem amigos mais chegados que irmãos. Pv 18:24
Existem momentos em que mais vale o amigo perto que o irmão longe. Pv 27:10

“Assim como os perfumes alegram a vida, a amizade sincera dá ânimo para viver.” 
Pv 27:9

Por isso, como diz a canção, “amigo é coisa para se guardar no lado esquerdo do peito…”

Existem, entretanto, os falsos e insinceros amigos. É gente que abraça, sorri, dá tapinhas nos ombros e quando vira as costas, o rastro de fel, amargura e ódio polui o ar tornando a atmosfera sufocante.

Cuidado com gente assim!

Jesus nos ensinou a amar nossos inimigos (Mt 5:44).

Então, o cuidado que devemos ter com gente falsa é a busca da vida que agrada a Deus. Uma vida de oração para que eles sejam convertidos ao SENHOR e que abandonem a falsidade.

“Se a nossa maneira de viver agrada a Deus, ele transforma os nossos inimigos em amigos.”  Pv 16:7

Pode até parecer improvável ou inadmissível, mas busquemos a vida que agrada a Deus e esperemos o Seu agir… afinal, a promessa é de que Ele, e não nós, transforma tudo e todos, inclusive o nosso coração.


Leia a Bíblia:
1 Samuel capítulo 20
João capítulo 15
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Mexerico não é Mexerica!

Pv 26:20 (NTLH)
“Sem lenha o fogo se apaga; sem mexericos a briga se acaba.” 

Mexerico não é Mexerica!

Ouvi uma piada boba…
“— O que é uma FO-FO-CA?
— Não sei.
— É a-A-MI-MI-GA  da  BA-BA-LEIA…”

Piadas à parte, o fato é que a fofoca, o mexericos, o “converseiro”… enfim, a simples especulação muitas vezes maldosa pode atear fogo nas amizades, nos relacionamentos.

A Sabedoria é clara, “sem fofoca a briga se acaba”.

Quantas amizades já foram prejudicadas por causa da fofoca. Quantos problemas podem ser evitados se encerrarmos o assunto antes que vire um mar de mexericos. Quantas brigas separaram irmãos por causa dessa terrível prática de falar, especular e repassar a conversa para outros, entre a igreja ou a família.

Isso porque “os mexericos são tão deliciosos! Como gostamos de saboreá-los!” Pv 26:22

Ei! Mexerico não é mexerica!
Ao identificar esse comportamento nocivo, pernicioso e que sabota as amizades e fraternidade, lance fora esse material inflamável. Apague esse fogo. Cesse toda conversa. Mude assunto.
Vigie! Pare de saboreá-los!

Jesus nos disse para sermos pacificadores.
Acabar com uma briga, é de certa forma, pacificar a amizade. Taí, uma boa maneira de ser bem aventurado.

“Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.”
Mateus 5:9

Filho de Deus ou Mexeriqueiro?
Você decide!


Leia a Bíblia:
2 Pedro capítulo 2
Colossenses capítulo 3
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Um governo forte.

Pv 25:5 (NTLH)
“Afaste do rei os maus conselheiros porque o que torna forte um governo é a justiça.” 

Um governo forte.

Acordos e alianças surgem no cenário político para perpetuar o poder e, lamentavelmente, a corrupção.

Mudança de partido sem mudança de hábito. Aliança que busca manutenção da desonestidade maquiada de interesse público. Discurso fervoroso e exercício do mandato moroso. Palavras altissonantes no palanque, sussurros nas altas noites dos palácios.

Ninguém governa sozinho. Porém, maus conselheiros devem ser afastados em busca de justiça.

Justiça, palavra com conotação utópica, inalcançável e preferencialista, o que já demonstra sua injustiça…

Entretanto, “purifique a prata, e o artista poderá fazer uma obra de arte.” Pv 25:4

Tire a escória da política. Tire o voto mantenedor. Procure o mais limpo e que poderá, como no espelho, refletir e representar sua verdadeira imagem em busca da utópica justiça. Quem sabe ela poderá ser alcançada e surgir daí um governo forte.


Leia a Bíblia:
2 Crônicas capítulo 7
Josué capítulo 5
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

terça-feira, 14 de novembro de 2017

O melhor de tudo

Pv 24:5 (NTLH)
“Ser sábio é melhor do que ser forte; o conhecimento é mais importante do que a força.” 

O melhor de tudo.

Ouvi recentemente: “trocaram a sabedoria pelo conhecimento, o conhecimento pela informação, a informação por porções de notícias e as porções de notícias por manchetes…” 

É fácil perceber isso, pois a sociedade está se enfraquecendo. Nós estamos nos enfraquecendo quando nos submetemos a isso.

Está faltando sabedoria em nossas vidas. Estamos nos perdendo em meio a tantas informações. Algumas conflitantes e antagônicas. Outras confusas e sensacionalistas. Assim, vamos nos enfraquecendo, pois falta a sabedoria para nos orientar devidamente.

E basta buscar algo de valor real, verdade que faz sentido na vida e na prática com aplicação perene que logo será tachado de conservadorista, absolutista, …ista, …ista.

Há, entretanto, salvação. A sabedoria nos faz fortes. Resistimos e avançamos para algo sublime e que orienta nossas vidas no aqui e agora e nos direciona para o transcendente e eterno.

Isso é fruto da oração intercessória de Jesus Cristo: “não peço que os tire do mundo, mas que os livre do mal…” 

Para isso, contamos com a ação do Espírito Santo em nossas vidas para nos iluminar com a Palavra e, dessa forma, adquirirmos sabedoria e fugirmos do enfraquecimento causado pela liquidez das informações.

O melhor de tudo é que mesmo diante do quadro degradante, os filhos de Deus têm atendido Seu chamado à sabedoria. 
E isso, como já sabemos, nos faz fortes!
Continuemos na força do Seu poder.

Leia a Bíblia:
João capítulo 17
Josué capítulo 1
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Tal pai, tal filho.

Pv 23:15-16 (NTLH)
“Meu filho, se você se tornar sábio, eu ficarei muito feliz. Eu me sentirei orgulhoso quando ouvir você falar com sabedoria.” 

Tal pai, tal filho.

Existe um processo no desenvolvimento do conhecimento que envolve dinâmicas específicas. Piaget, psicólogo e educador, teorizou algumas dessas dinâmicas e conceituou os termos assimilação, acomodação e equilibração.

Basicamente, pode-se dizer, que, é o filho recebendo o ensino do pai conforme o conteúdo é dado, o pai facilitando o conteúdo do ensino para melhor ser acomodado ao entendimento do filho e a sabedoria será o equilíbrio resultante entre o que o filho conseguir assimilar do pai e o pai conseguir acomodar ao entendimento do filho. Assim, imagino, a sabedoria popular, simplificou dizendo: tal pai, tal filho.

A Palavra de Deus é, de certa forma, o Pai facilitando o conteúdo da Sua vontade para melhor ser acomodada em nossos corações. Jesus Cristo, foi a radicalidade dessa dinâmica acomodando-se ao ser humano para que pudéssemos perceber a vontade de Deus por sua obra.

Por outro lado, o Espírito Santo nos capacita para assimilarmos o que Deus nos ensina por Sua Palavra. A mensagem está aí, a bíblia está à disposição, a Palavra é vida e santificação, cumpre aos capacitados pelo Espírito Santo buscar o entendimento dessa mensagem para seu conhecimento.

O resultado dessa dinâmica será a sabedoria ministrada pelo Pai e apreendida pelo filho. O Pai ficará muito feliz e exultante por ver Seus filhos adquirindo sabedoria por meio da Sua Palavra. Assimilando pelo Espírito Santo e acomodando em seu coração pelos méritos de Jesus Cristo.


Leia a Bíblia:
João capítulo 16
1 João capítulo 2
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

sábado, 11 de novembro de 2017

A lei da semeadura.

Pv 22:8 (NTLH)
“Quem semeia a maldade colhe a desgraça e será castigado pelo seu próprio ódio.” 

A lei da semeadura.

Há uma relação direta entre os frutos que colhemos com as sementes que semeamos. Longe do determinismo e do sistema de causa e efeito, o certo que é precisamos cuidar bem daquilo que semeamos ao longo da nossa existência, tanto em nossa vida quanto na vida de quem nos cerca.

“Porque o que semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá vida eterna.” Gálatas 6:8

Dessa forma, o raciocínio é simples. Plante o que você quer colher. Afinal, ninguém espera colher uvas plantando milho.

Além disso, entre a semeadura e a colheita, existe o cultivo que é igualmente importante observar. O cultivo diz respeito ao cuidado exigido ao longo do desenvolvimento dessa relação. Ao suprimento de nutrientes necessários. À proteção contra elementos nocivos. À dedicação inevitável dessa relação.

Agora, aplique tudo isso à vida e aos relacionamentos pessoais.
O que temos semeado na relação pais e filhos – filhos e pais?
Na relação conjugal?
No trabalho?
Nas amizades?
Na Igreja?
Nos estudos?

Sabe qual é a resposta? Basta olhar para os frutos em suas mãos!
Eles são o resultado da sua semeadura e do cultivo.

Está insatisfeito com o resultado? Mude a semeadura. Cuide melhor do cultivo.

Busquemos ao Senhor Jesus Cristo, pois “aquele que dá semente ao que semeia e pão para alimento também suprirá e aumentará a vossa sementeira e multiplicará os frutos da vossa justiça”. 2Co 9:10


Leia a Bíblia:
2 Coríntios capítulo 9
Gálatas capítulos 5-6
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Prepare-se, a vitória virá.

Pv 21:31 (NTLH)
“Os homens aprontam os cavalos para a batalha, mas quem dá a vitória é Deus, o SENHOR.” 

Prepare-se, a vitória virá.

Estamos em época do ENEM. Terror para muitos. Esperança para todos. Vitória para poucos.

Ser submetido à avaliação, disputar vagas seja em concurso ou em vestibular, é um tremendo teste de nervos. Supera a aplicação do conhecimento adquirido.
Há quem conhece tudo, mas não consegue aplicar na hora da prova.
Há quem se prepara por meses e anos, mas quando chega no momento da prova, algo lhe abala e uma espécie de apagão lhe acomete.

Existem, portanto, dois tipos de preparação.
Uma diz respeito à aplicação do conhecimento adquirido com os estudos, esforço, busca de entendimento, raciocínio lógico, capacidade de apreensão de conteúdo e habilidades da inteligência.

Outra, diz respeito à preparação do coração, da espiritualidade, da confiança de que o SENHOR poderá fazer superar quaisquer dificuldades e limitações para cumprir o propósito dEle em sua vida.

Em uma, há o preparo do cavalo, ou seja, dos instrumentos da batalha. Em outra, a confiança de que a vitória vem do SENHOR, ou seja, do coração do guerreiro e sua confiança em Deus.

Disse Jesus:
“eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século” Mt 28:20

Serve para o testemunho do Evangelho. Serve para uma vida consciente de que em Cristo, somos mais que vencedores.

Então, prepare-se para a vitória, em Cristo Jesus! 
E boa prova!


Leia a Bíblia:
1 Samuel capítulo 17
Juízes capítulos 6-8
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Não há um justo.

Pv 20:6 (NTLH)
“Todos dizem que são bons e fiéis, mas tente achar alguém que realmente seja!” 

Não há um justo.

Em época de véspera de eleições, eis que nos chegam os pré-candidatos afirmando suas boas intenções, competência para exercer mais um mandato, força ético-moral para realizar alianças não comprometedoras e, enfim, sua imaculada ficha.

Mas, “tente achar alguém que realmente seja!” 

Ora, a empreitada será inócua. A corrupção humana acha na esfera política um ambiente favorável para revelar a capacidade pecaminosa do ser humano. Portanto, se na humanidade não há um justo sequer, quanto mais no ambiente político.

Entretanto, assim como há redenção para os filhos de Deus, pode haver redenção para alguns políticos também. Seu compromisso com a família, com o sistema ético-moral judaico-cristão, com a justiça e a verdade, pode fazer dele alguém que mereça nosso respeito que, por sua vez, poderá nos levar a confiar que tal homem ou mulher será capaz de nos representar nas esferas políticas.

É arriscado? Sim, mas se nem mesmo nós podemos garantir nossa fidedignidade...
“Será que alguém pode dizer que tem a consciência limpa e que já se livrou dos seus pecados?” Pv 20:9

Só a graça de Deus, em Jesus Cristo, para nos lavar dos pecados, para nos purificar de toda a injustiça e nos manter no caminho do cumprimento do propósito de Deus.

Que assim seja para nós e para os políticos também.


Leia a Bíblia:
Romanos capítulo 13
1 Timóteo capítulo 2
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Pare de culpar a Deus.

Pv 19:3 (NTLH)
“A falta de juízo é o que faz a pessoa cair na desgraça; no entanto ela põe a culpa em Deus, o SENHOR.” 

Pare de culpar a Deus.

Reconhecer seus erros, fracassos e tolice sempre foi um problema para o ser humano.
Esse comportamento deflagra a insensatez e demonstra imaturidade espiritual, emocional e social.
Além disso, é uma inclinação pecaminosa colocar a culpa nos outros pela desgraça que enfrentamos, principalmente quando culpamos a Deus.

Quantas murmurações, reclamações e birras contra Deus por causa de algum problema enfrentado! Paremos já com isso!

Busquemos ao SENHOR com o coração sincero, humilde e arrependido. 

Lembremo-nos das palavras de Jesus, em Mt 5: 4-8:
“Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos.
Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.”

Creiamos e oremos como Davi:
“Ó Deus, o meu sacrifício é um espírito humilde;
tu não rejeitarás um coração humilde e arrependido.” Sl 51:17
Amém.


Leia a Bíblia:
Jó capítulo 42
Salmo capítulo 73
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Como é difícil!

Pv 18:19 (NTLH)
“É mais difícil ganhar de novo a amizade de um amigo ofendido do que conquistar uma fortaleza; as discussões estragam as amizades.” 

Como é difícil…

Sentimentos são um mar de incompreensão, instabilidade e antagonismos.
Às vezes um gatilho, um fator estressor, um lapso de instante desencadeia sentimentos conflitantes, emoções polarizadas e surgem discussões que, na maioria das vezes, acabam em ofensas em múltiplas direções.

O cenário ameaça os mais sólidos relacionamentos e amizades.
Cônjuges, pais e filhos, amigos, irmãos, parentes, colegas de trabalho e estudos, namorados, tudo e todos estão sob a ameaça de terem suas amizades “estragadas” diante do quadro de discussões.

Isso, porque, “você [nós] terá de aguentar as consequências de tudo o que disser.” Pv18.20

O que fazer para preservar os relacionamentos?
Bem, evitar discussões parece ser a orientação mais básica. Pensar melhor no que fala, pois, “o que você [nós] diz pode salvar ou destruir uma vida; portanto, use bem as suas palavras e você será recompensado.” Pv 18:21

Mas, e quando o “caldo já entornou”?
Que tal começarmos pelo que Jesus nos ensinou?
Perdoar! Andar mais uma milha. Amar com o amor que fomos amados por Deus. Perdoar como fomos perdoados.

Receber em nossos corações a ação do Espírito Santo, o Consolador, enviado por Jesus Cristo, para nos ensinar e curar sentimentos, emoções e feridas causadas por desencontros e incompreensões, instabilidades e agitação desse mar de sentimentos que muitas vezes são movidos por gatilhos e fatores estressores que até momentos antes mal sabíamos que poderiam distribuir palavras que ofenderiam pessoas que amamos, machucando e sendo machucados, agredindo e sendo agredidos, ferindo e sendo feridos.

É difícil… Mas, a recompensa é grande.
É difícil… Mas, como Jesus nos ensinou, é possível!



Leia a Bíblia:
Mateus capítulo 18
1 Coríntios capítulo 13
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

domingo, 5 de novembro de 2017

É melhor parar!

Pv 17:14 (NTLH)
“O começo de uma briga é como a primeira rachadura numa represa: é bom parar antes que a coisa piore.” 

É melhor parar! 

Quando vem aquela ira, raiva, indignação...
É melhor parar! 

Sentimento de injustiça contra a si mesmo, pode desencadear um surto de raiva...
É melhor parar! 

Teclar, comentar, responder de imediato...
É melhor parar! 

Parar para pensar melhor.
Parar para processar a situação.
Parar para avaliar as consequências.
Parar para perdoar...

"Quem perdoa uma ofensa mostra que tem amor, mas quem fica lembrando o assunto estraga a amizade." Pv 17:9 

Parar para agir com sabedoria...

"Quem controla as suas palavras é sábio, e quem mantém a calma mostra que é inteligente. Até um tolo pode passar por sábio e inteligente se ficar calado." Pv 17:27-28

Uma represa rompida faz muito estrago.
Então, quando uma briga começar, é melhor parar...


Leia a Bíblia:
Colossenses capítulo 4
1 Tessalonicenses capítulo 4
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

sábado, 4 de novembro de 2017

Quem é que manda aqui?

Pv 16:1 (NTLH)
“As pessoas podem fazer seus planos, porém é o SENHOR Deus quem dá a última palavra.” 

“Quem é que manda aqui?”

Ser cristão é submeter-se ao Senhorio de Cristo.
É render-se ao toque do Espírito Santo.
Reconhecer o poder da Trindade em todas as esferas da vida.

Isso é humilhante! Eis a razão para tanta rebeldia contra Deus.
Somos humilhados perante tamanho poder, governo e autoridade.
E pouca gente quer reconhecer que sua vida, em última análise, não depende só de si mesmo.

Eu sei, eu sei… Somos preciosos, raros, amados por Deus…
E Ele é zeloso com os seus!

Também sei que somos seres responsáveis, dotados de inteligência e liberdade de agir dentro das esferas ordinárias da vida.

Porém, “a pessoa faz os seus planos, mas quem dirige a sua vida é Deus, o SENHOR.”
Pv 16:9

A grande questão é: quem está dando a última palavra?

Ou melhor, qual o meu nível de submissão à vontade de Deus?

Jesus Cristo ensinou na oração: “Pai, seja feita a Tua vontade!” Mt 6:10 
Pouco depois Ele demonstrou na prática: “Meu Pai, se este cálice de sofrimento não pode ser afastado de mim sem que eu o beba, então que seja feita a tua vontade.” 
Mt 26:42
E isso lhe custou a vida!

E agora? Quem é que manda em tudo?


Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 22
Tiago capítulo 2
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

“Quer enganar quem!”

Pv 15:11 (NTLH)
“Se o SENHOR sabe o que acontece até mesmo no mundo dos mortos, como poderá alguém esconder dele os seus pensamentos?” 

“Quer enganar quem!”

Há quem pensa que pode enganar a Deus.

Alguém pode enganar as pessoas, a igreja, o trabalho, a escola, a faculdade, a família, o cônjuge e até a si mesmo…

Mas, a Deus, jamais!

Ele conhece os pensamentos, as motivações, intenções e a palavra nem chega aos lábios, e Ele já a conhece toda.

Eis que a melhor coisa a ser feita é se render ao Eterno.
É se entregar completamente e orar com sinceridade e humildade diante do Onisciente e Onipotente Deus reconhecendo-O e entregando-se ao Seu amor.

Pedro fez assim diante de Jesus…
“Senhor, tu sabes todas as coisas, tu sabes que eu te amo…” Jo 21:17

Experimente!
É curativo para a alma, libertador para o espírito e transformador para a vida.


Leia a Bíblia:
João capítulo 21
Romanos capítulo 8
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…


quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Palavras! Sim, elas têm poder!

Pv 14:3 (NTLH)
“O tolo orgulhoso sofre por causa das coisas que diz, mas os sábios são protegidos pelas suas próprias palavras.” 

Palavras!

Cuidado com as palavras! Elas têm poder!

Quantas brigas em porta de escola por causa de palavras!

Quantas discussões no casamento por causa de palavras!

Quantos traumas em filhos por causa de palavras!

O poder das palavras não está em uma entidade espiritual, como alguns pensam…

Está na associação representativa do conjunto formado pelas letras.
Assim, uma palavra pode representar agressão ou carinho, elogio ou ofensa, admiração ou desprezo, aprovação ou reprovação e etc.

Portanto, palavras não podem ser “palavras apenas, palavras pequenas […] palavras, palavras, palavras ao vento”

Elas devem representar o que temos no nosso coração e usada com a intenção adequada e harmonizada tanto com a morfologia quanto com a representação do coração.
Uma espécie de sintaxe da alma.

Dessa forma, as palavras podem deflagrar o tolo ou revelar o sábio. Afinal, “a boca fala do que está cheio o coração.” Mt 12.34

Jesus, nosso Mestre, deixou seu ensino:
“Todos lhe davam testemunho, e se maravilhavam das palavras de graça que lhe saíam dos lábios.”
 Lc 4:22

Quais palavras têm sido usadas por você?



Leia a Bíblia:
Tiago capítulo 3
Salmo capítulo 10
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…



quinta-feira, 26 de outubro de 2017

“Diga-me com quem andas, que direi quem tu és…”

Pv 13:20 (NTLH)
“Quem anda com os sábios será sábio, mas quem anda com os tolos acabará mal.” 

“Diga-me com quem andas, que direi quem tu és…”

Certamente já ouviu algo parecido.
Quem sabe até o outro versículo bíblico que diz:
“Não se enganem: ‘As más companhias estragam os bons costumes.’” 1Co 15:33

O fato é que a Sabedoria nos ensina que existem pessoas tóxicas, nocivas, perniciosas, prejudiciais… enfim, pessoas que só de estar perto delas, já nos fazem mal, seja pela influência que elas podem exercer sobre nós, seja por suas práticas que podem atrair algum mal sobre todos que as cercam.

“Com gente assim vocês não devem nem comer uma refeição.” 1Co 5:11

Mas, e quando isso for inevitável? Como, por exemplo, no trabalho, na escola, faculdade…

Bem, sejamos Sal e Luz. Façamos a diferença ético-moral e iluminemos as vidas dos que nos cercam com o Evangelho do Senhor Jesus Cristo.

“O sal é uma coisa útil; mas, se perde o gosto, deixa de ser sal. É jogado fora, pois não serve mais nem para a terra nem para o monte de esterco. Se vocês têm ouvidos para ouvirem, então ouçam.” Lc 14:34-35


Leia a Bíblia:
Lucas capítulo 14
Mateus capítulo 10
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…



terça-feira, 24 de outubro de 2017

Deixe de ser tolo!

Pv 12:1 (NTLH)
“Aquele que quer aprender gosta que lhe digam quando está errado; só o tolo não gosta de ser corrigido.” 

Orgulho é algo terrível, do ponto de vista pejorativo.
Aparenta prepotência, desprezo pelo que os outros são ou pensam…
Demonstra altivez, arrogância, soberba e vaidade.

Pessoas que têm resistência em aprender, demonstram esse tipo de orgulho, ou tolice, como Provérbios chama.

São pessoas que têm dificuldade de receber uma palavra de orientação, que ficam chateadas quando são corrigidas, iradas se são chamadas à atenção e até perdem amizade se ficarem “ofendidas”.

Isso, porque “o tolo pensa que sempre está certo, […] Quando o tolo é ofendido, logo todos ficam sabendo…” Pv 12:15-16

O discípulo de Jesus Cristo é diferente e busca viver a Sabedoria do SENHOR.

O discípulo “gosta que lhe digam quando está errado”, é como os sábios que aceitam conselho, e mesmo quando recebe uma correção mais dura ou ríspida age como o prudente, que “faz de conta que não foi insultado.”  Pv 12:1;15 e 16

O discípulo reconhece e se submete à “sabedoria que vem do alto [pois Ela] é antes de tudo pura; depois, pacífica, amável, compreensiva, cheia de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sincera.”
Tg 3:17

Deixemos a tolice, o orgulho, e sejamos mais discípulos de Jesus Cristo que vive a Sabedoria que vem do alto.


Leia a Bíblia:
1Co capítulo 13
Tiago capítulo 3
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…



sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Alegria pela morte dos maus

Pv 11:10 (NTLH)
“A cidade fica contente com o sucesso das pessoas honestas, e há gritos de alegria quando morre um homem mau.” 

O politicamente correto e o incorreto estão em discussão nas rodas de conversas, em programas de tv, publicados em livros, artigos, memes, posts, lista de transmissão e “o diabo a quatro”…

A sabedoria bíblica nos convida ao bom senso, moderação, prudência…
Jesus disse:
“Aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração…” Mt 11:29

Mas, a sabedoria bíblica também é honesta quanto às nossas emoções, sofrimento, alegrias e tristezas…

O povo fica contente mesmo com a prosperidade das pessoas honestas, pessoas de bem. 
A cidade fica melhor, mais segura, limpa, saudável, feliz.
A prosperidade em todas as áreas traz essa condição bem aventurada.

Entretanto, quando os maus mantêm sua mão opressora, suas calúnias difamatórias, sua corrupção desenfreada, sua injustiça recorrente, sua perversidade contínua e imposição de tormentos, é claro que sua morte trará alívio. 

Gritos de alegria pela morte dos maus!

Para desespero dos românticos, ingênuos e infantis na fé, é isso mesmo que está escrito.

Leia a Bíblia:
Salmo capítulo 137
Habacuque capítulo 1
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…




quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Correspondendo a Deus

Pv 10:7 (NTLH)
“Os bons serão lembrados como uma bênção, porém os maus logo serão esquecidos.” 

Como correspondemos às oportunidades oferecidas por Deus em nossas vidas?
Entenda-se por oportunidade o conjunto de situações, ocasiões e circunstâncias, boas ou ruins, em que somos desafiados a responder com uma atitude, um pensamento, uma postura, enfim, se posicionar diante de tais ocasiões.

A vida é cheia de oportunidades. A maneira como correspondemos a elas vai determinar a nossa memória, a maneira como seremos lembrados.

Qual será o nosso epitáfio? O que estará escrito em nossa lápide? O que vão dizer em nosso sepultamento?

Claro que nem queremos pensar nisso agora… Afinal, é mórbido demais…

Também nem temos essa cultura de epitáfio…
Além disso, geralmente nessas ocasiões há pouca sinceridade e até mesmo o mais detestável ser acaba sendo elogiado por pequenas vidas que estão ali para zombar de sua morte em seu íntimo. Existem, graças a Deus, exceções…

Mas, o que o capítulo 10 de Provérbios trata é a maneira como lidamos com o que nos é oferecido na vida  diária e sua consequência no aqui-agora e no além-eterno.

Ou seja, o sábio, humilde, prudente, honesto e fiel será abençoado, terá sua memória preservada e viverá eternamente com as maravilhas da graça de Deus. Isso tudo porque correspondeu a Deus segundo a sua vontade, propósito e soberania.

Já o rebelde, tolo, soberbo, displicente, desonesto, infiel, desajuizado e orgulhoso será punido. Sim, é uma palavra difícil hoje em dia… Mas, é a punição que é reservada para gente dessa categoria, pois disciplina foi feita para os que são amados de Deus e O reconhecem como seu SENHOR.
Para os tolos e soberbos, infiéis e altivos, desonestos e rebeldes, Deus tem punição.
Tanto aqui e agora, colhendo em seu tempo a desgraça semeada, quanto na eternidade, ardendo em chamas inextinguíveis.

É duro de se ouvir ou ler… Mas, é a realidade. Leia o capítulo todo e se tiver mais interesse, leia as sugestões de textos bíblicos. Você verá que com Deus não se brinca. Ele tem sido paciente e longânimo, porém, todos nós, um dia O veremos face a face.

O que apresentaremos para Ele?

Como temos correspondido à graça dEle?

Quais as oportunidades de você construir uma memória abençoada e manter-se fiel a Deus?

Leia a Bíblia:
Isaías capítulo 1
2 Pedro capítulo 3
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…





sexta-feira, 13 de outubro de 2017

A Construção da Vida

Pv 9:1 (NTLH) “A Sabedoria construiu a sua casa sobre sete colunas.” Construção envolve tempo, energia e conhecimento para evitar desperdício, retrabalho e insatisfação com a obra desejada. Nossa vida é uma construção sócio-espiritual que está sempre em obra. Existe ampliação constante, reformas necessárias de tempos em tempos, ajustes e aperfeiçoamentos para melhor servir a vida… Entretanto, mesmo vivendo nessa dinâmica e mudança, uma construção precisa de pilares, colunas… São fundamentos sobre os quais uma obra é bem consolidada e oferece segurança e robustez para superar as intempéries enfrentadas. Quais seriam essas 7 colunas que a Sabedoria ergueu para construir sua casa? 1º Investimento – “Matou animais para a refeição…” Investir na construção da sua vida envolve sacrifícios, investimento de tempo, dedicação às tarefas e disciplinas espirituais, compromisso com a Igreja, com a Família, com Deus, com Oração, Leitura da Palavra… Tem muita gente que diz: “eu preciso gastar tempo para isso ou aquilo…”, prefira pensar em: “eu farei um investimento nisso ou naquilo….”. Uma mudança de mente, traz uma mudança de disposição… 2º e 3ºCelebração e Comunhão – “preparou vinho e pôs a mesa.” Celebrar a vida! É interessante como a celebração é tema recorrente na prática de vida devocional na história do povo de Deus. Vida cristã é alegre, vibrante… Vida que celebra a Deus, a comunhão, o louvor, o ensino, e discipulado, e crescimento espiritual… Vida que supera problemas sem perder a GRAÇA, sem perder a ternura, o amor… 4º Proclamação – “Enviou suas servas para fazerem convites desde o ponto mais alto da cidade…” Compartilhar, proclamar, anunciar… Somos chamados para isso! Se isso é um pilar… uma coluna… significa que sua inobservância abala as estruturas da casa… Abala as estruturas da nossa vida…. Convidar, compartilhar nossa fé, proclamar as virtudes de Deus é uma coluna que compõe o fundamento de uma vida sábia. 5º Temor ao SENHOR – "O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo é entendimento.” Mais uma vez o Espírito Santo revela seu princípio fundamental de sabedoria para o Povo de Deus: O temor ao SENHOR! Deus é Deus! Nunca nos esqueçamos disso…. Tem gente que trata Deus só como um amigo… Ele é nosso amigo, certamente. Mas, lembre-se, um atributo de Deus não anula outro… Deus é Pai, Amor, Amigo, Justo, Santo, Juiz… Portanto, temor ao SENHOR é sempre lembrar que Deus requer de nós OBEDIÊNCIA e REVERÊNCIA ao seus preceitos e PALAVRA. Construir nossa vida sobre essa coluna nos dará felicidade. Desprezar essa coluna, nos levará à ruína. Simples assim. “Pois por meu intermédio [temor ao SENHOR] os seus dias serão multiplicados, e o tempo da sua vida se prolongará.” Pv 9:11 6º Sensatez/Prudência – “Deixem a companhia dos tolos e vivam. Sigam o caminho do conhecimento.” Lembro-me de uma música: “Tem nada não, isso é normal, eita coisinha que faz crente se dar mal…” Ora, para construir uma vida que vale a pena ser vivida, precisamos de uma dose de aventura, desafios, adrenalina… Mas, uma coisa é isso tudo associado à sensatez e prudência, pois dará uma experiência saudável, memorável e que será uma quadro para embelezar as salas da nossa existência. Outra coisa, porém, é ser imprudente, insensato, tolo, desajuizado… Isso é morte! O convite da insensatez faz com que “os convidados dela não saibam que aqueles que vão à sua casa morrem e que os que entraram já estão nas profundezas do mundo dos mortos.” Pv 9:18 7º Humildade para Disciplina – “Se você for sábio, o lucro será seu; se zombar de tudo, você mesmo sofrerá as consequências.” Às vezes é até desconcertante a objetividade da Palavra de Deus. Tem gente que acha Deus injusto… Mas, está claro na Palavra. Observemos atentamente e sejamos honestos com as nossas motivações, comportamentos e intenções de coração. Haverá injustiça da parte de Deus? Vou responder por mim mesmo, ok: “Não! Todas as vezes que eu me vi em sofrimento intenso, percebi uma tremenda falta de sabedoria da minha parte. Quando vi isso, percebi que Deus, na verdade, estava sendo misericordioso para comigo, pois, mesmo sofrendo, estava sendo cuidado por Deus…” Sejamos humildes em aceitar a disciplina do SENHOR. Construa sua vida em firmes fundamentos. Em colunas que são firmes para sustentar uma vida feliz, saudável e com vistas para a eternidade. Leia a Bíblia: 1 Coríntios capítulo 10 Filipenses capítulo 3 Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

O Deus que chama

Pv 8:1-3 (NTLH) “Escutem! A Sabedoria está gritando: a Compreensão está chamando em voz alta. A Sabedoria está no alto dos morros, na beira da estrada e nas encruzilhadas dos caminhos. Está na entrada da cidade, perto dos portões, gritando:…” Aqui, Sabedoria é figura de linguagem para se referir ao Próprio Deus, ou, mais particularmente, ao Senhor Jesus Cristo. (veja os versículos 22-31) Assim, o que temos é um chamado de Deus para a humanidade. Um chamado ao bom senso. Um chamado à prudência. Um chamado à verdade e ao entendimento da Vontade de Deus. É Deus chamando à Sabedoria. Deus chamando a Deus. Isso porque a sabedoria de Deus é um chamado à redenção. “Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção” 1Co 1:30 Ora, basta olhar ao nosso redor para percebermos que Deus está nos chamando para Ele. Quando presenciamos injustiça e o nosso ser se estremece… É um chamado de Deus! Quando tememos que o pior nos aconteça ou aos nossos filhos… É um chamado de Deus! Quando nos entristecemos com discussões… É um chamado de Deus! Quando enfrentamos dificuldades em qualquer nível ou esfera… É um chamado de Deus! O importante é a resposta! Tem gente que responde o chamado de Deus se distanciando dEle! É, na verdade, uma fuga! Vai para a balada. Mergulha em drogas. Se entrega à morte…. As vezes, até comportamentos socialmente aprovados, são, na realidade, uma fuga de Deus… Viver dentro da casa dos familiares. Sempre buscar entretenimento, em todo o tempo. Atolar-se em trabalho. Isso tudo pode configurar uma fuga de Deus. Sondar o coração e honestidade na motivação pode contribuir para discernir entre o que é ou não é uma fuga... O fato é que Deus está sempre nos chamando! Qual tem sido a nossa resposta? “Portanto, quando vocês comem, ou bebem, ou fazem qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.” 1Co 10:31 Uma oração eu faço: “SENHOR, ajuda-me a fazer o que eu faço para a Glória do SENHOR… amém.” Ou, como o salmista: “Uma coisa peço ao SENHOR, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a beleza do SENHOR e meditar no seu templo.” Sl 27:4 Pois, “já não existe nenhuma condenação para as pessoas que estão unidas com Cristo Jesus.” Rm 8:1 Leia a Bíblia: 1 Coríntios capítulo 6 Gálatas capítulo 5 Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Outros Conselhos

Pv 6
Outros Conselhos

O livro de Provérbios é sempre muito confrontador com a nossa natureza humana.

Alguns capítulos inteiros tratam de um assunto apenas. Outros tratam de dois ou três assuntos…

No capítulo 6, por exemplo, Salomão apresenta conselhos sobre algumas áreas importantes da vida.

Apresenta conselhos sobre como lidar com a questão de dinheiro e trabalho.
Empréstimo de dinheiro, combate à preguiça e força de vontade são tratados claramente na primeira parte do capítulo.

Também sobre vida conjugal e fidelidade, tema recorrente no livro. Sobre esse assunto já tratei na devocional anterior e que haverá outra oportunidade para tratar de novo...

Porém, entre esses dois assuntos, ele insere algo que, particularmente, chama a atenção pela gradação que ele dá a alguns comportamentos sociais.

Pv 6:16-19
“Existem sete coisas que o SENHOR Deus detesta e que não pode tolerar:
o olhar orgulhoso,
a língua mentirosa,
mãos que matam gente inocente,
a mente que faz planos perversos,
pés que se apressam para fazer o mal,
a testemunha falsa que diz mentiras
e a pessoa que provoca brigas entre amigos.”

Para o SENHOR, 6 coisas são detestáveis. Altivez, Mentira, Homicídio, Perversidade, Malignidade e Testemunho Falso. 

Essas coisas são detestáveis até para nós, que estamos sujeitos a cair nesses pecados. Agora, imagine o quanto Deus, Santo, detesta isso tudo!

Porém, tem algo que além de detestar, o SENHOR não tolera… Ele abomina! 
A semeadura de contendas entre irmãos. Ah, isso é terrível! Sim, porque quando uma pessoa se propõe a fazer isso, é porque ela já alimentou TODOS os demais comportamentos em seu coração. Ela está amargurada, completamente corroída pelo pecado, morrendo em sentimentos negativos, mergulhada em abismo de trevas…

Qual o remédio para isso?

Ora, o que desde o início o Espírito Santo tem revelado no livro de Provérbios…

Pv 1: 2-7
“Estes provérbios nos ajudam a dar valor à sabedoria e aos bons conselhos e a entender os pensamentos mais profundos. Eles nos ensinam a vivermos de maneira inteligente e a sermos corretos, justos e honestos. Podem também tornar sábia uma pessoa sem experiência e ensinar os moços a serem ajuizados. Estes provérbios aumentam a sabedoria dos sábios e orientam os instruídos, fazendo que entendam o significado escondido dos provérbios e dos ditados e compreendam os mistérios que os estudiosos procuram explicar.
Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o SENHOR. Os tolos desprezam a sabedoria e não querem aprender.”

Ou seja, aproveitando a ocasião dos 500 anos da Reforma:
Somente as Escrituras – Sola Scriptura

Aprendamos a guardar no coração a Palavra de Deus para nos guardarmos daquilo que Ele detesta e abomina.


Leia a Bíblia: 
Filemon
Tiago capítulo 4
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…



sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Seja fiel à sua mulher e dê o seu amor somente a ela

Pv 5:15
“Seja fiel à sua mulher e dê o seu amor somente a ela.”

Recentemente ouvi uma palestrante dizendo que a concorrência é desleal quando se compara a mulher real com as mulheres mascaradas do mundo das celebridades.

Pode ser… Mas, quando há saciedade, há satisfação e alegria com a esposa, não existe razão para comparar a esposa com as “mascaradas” do lado de fora.

O fato é que um casamento deve ser construído com mutualidade, carinho, respeito e amor, dentre outras virtudes e práticas. Junta tudo isso e emparelha com a firmeza na Palavra de Deus, com o relacionamento com o SENHOR e a piedade resultante desse relacionamento santo e espiritual.

A colheita será abençoada e virtuosa, certamente.

“Portanto, alegre-se com a sua mulher, seja feliz com a moça com quem você casou, amorosa como uma corça, graciosa como uma gazela. Que ela cerque você com o seu amor, e que os seus encantos sempre o façam feliz!” Pv 5: 18-19

Ou, se preferir, a versão do Eugene Peterson (A Mensagem):
“Alegre-se com a sua esposa e companheira desde jovem,
Que é amável como um anjo, linda como uma flor —
nunca deixe de se deleitar em seu corpo.
Nunca ache que o amor está garantido para sempre,
mas conquiste a mesma mulher todos os dias.”

Marido e Esposa, ambos devem buscar a realidade aplicada no relacionamento conjugal conforme a Bíblia apresenta, de acordo a com a vontade de Deus e legítimo entendimento da sabedoria.

Assim, a concorrência será desleal mesmo… Mas, no sentido de que ninguém será páreo para os cônjuges, esposo e esposa, que vivem a vontade de Deus no seu casamento. Serão como “o cordão de três dobras que não se rebenta com facilidade.” Ec 4:12

Leia a Bíblia: 
Efésios capítulo 5
1 Coríntios capítulo 7
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…



quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Ensinando os filhos

Pv 4:1-4 (NTLH)
“Filhos, escutem o que o seu pai ensina. Prestem atenção e compreenderão as coisas. O que eu ensino é bom; portanto, lembrem dos meus conselhos.
Quando eu era menino, filho único dos meus pais, o meu pai me ensinava, dizendo:
— Lembre das minhas palavras e nunca as esqueça. Faça o que eu digo e você viverá.”

Um desafio enorme está sobre o ofício dos pais, ensinar os seus filhos a vida.

O ensinar para a vida requer um conjunto de fazeres que envolve tempo, disposição e investimento. Não dá para terceirizar tudo… Mas, também não dá para fazer tudo…

Aí entram a escola, a igreja, o cursinho, a academia, os livros, os filmes e etc. Todavia, é com a família que o conjunto dessas ações receberão os filtros necessários, as medidas cautelares e o descarte inevitável do que não convém. O resultado disso pode ser chamado de Educação.

Mário Sérgio Cortella, diz: “As famílias confundem escolarização com educação. É preciso lembrar que a escolarização é apenas uma parte da educação. Educar é tarefa da família.

Essa tarefa da família exige um preço. “Para ter sabedoria, é preciso primeiro pagar o seu preço. Use tudo o que você tem para conseguir a compreensão.” Pv 4:7

E as famílias têm investido muito nessa tarefa. Todavia, muitas desprezam o que tem de mais valioso, importante, perene e eterno: O ensino das Escrituras.

Observe a preciosidade desse texto bíblico:
Pv 4:10-19
“Escute, meu filho. Aceite o que estou dizendo e você terá uma vida longa. Eu lhe tenho ensinado o caminho da sabedoria e a maneira certa de viver. Se você andar sabiamente, nada atrapalhará o seu caminho, e você não tropeçará quando correr. Lembre sempre daquilo que aprendeu. A sua educação é a sua vida; guarde-a bem. Não vá aonde vão os maus. Não siga o exemplo deles. Não faça o que eles fazem. Afaste-se do mal. Desvie-se dele e passe de lado. Os maus não podem dormir sem ter feito alguma coisa má; eles ficam acordados até conseguirem prejudicar alguém. Porque para eles a maldade e a violência são comida e bebida.
A estrada em que caminham as pessoas direitas é como a luz da aurora, que brilha cada vez mais até ser dia claro. Mas a estrada dos maus é escura como a noite; eles caem e não podem ver no que foi que tropeçaram.”

Observou? Reflita se a passagem representa bem o que você deseja para o seu filho. A orientação que você daria ao seu filho quando ele está para sair de casa para uma festa com os amigos.

É uma pena que muitas famílias têm desprezado o ensino das Escrituras…

Desprezam quando deixam de levar seus filhos à Escola Dominical, ao Culto, à Igreja…

Desprezam quando valorizam mais o que o sistema secular oferece do que a Palavra de Deus orienta, invertendo os valores priorizando o secular, material em detrimento do santo e espiritual.

Desprezam quando o que pensam é superior ao que a Bíblia ensina…

“Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos.” Pv 4:23

Mas, feliz será a família que se lembrar e amar as orientações bíblicas…
“Elas darão vida longa e saúde a quem entendê-las.” Pv 4:22

Leia a Bíblia: 
Colossenses capítulos 2 e 3
Efésios capítulo 4
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…



quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Como Alcançar Vida Agradável e Feliz.

Pv 3:21-26 (NTLH)
Filho, tenha sempre sabedoria e compreensão e nunca deixe que elas se afastem de você. Elas lhe darão vida, uma vida agradável e feliz. Você caminhará seguro e não tropeçará. Quando se deitar, não terá medo, e o seu sono será tranquilo a noite inteira. Você não ficará preocupado com os desastres que caem de repente como uma tempestade sobre os maus. Pois o SENHOR Deus lhe dará segurança e nunca deixará você cair numa armadilha.

Como Alcançar Vida Agradável e Feliz.

Todos almejam. Todos buscam. Afinal, quem não quer uma vida agradável e feliz?

Entretanto, a busca pela vida agradável e feliz tem um princípio, a saber, a sabedoria.

Só a verdadeira sabedoria é capaz de oferecer discernimento do caminho que leva à paz, felicidade e vida agradável. Só a sabedoria tem instrumentos que nos livram do mal, perigos, enganos e desastres. Só a sabedoria oferece luz em meio as trevas, firmeza em meio ao abalo, segurança em meio à tragédia.

Mas, como adquirir sabedoria?

Ora, “o temor do SENHOR é o princípio da sabedoria…”, pois só “o SENHOR Deus lhe dará segurança e nunca deixará você cair numa armadilha.”

Em outras Palavras:
“tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos porque foi para isso que fomos criados. Nós teremos de prestar contas a Deus de tudo o que fizermos e até daquilo que fizermos em segredo, seja o bem ou o mal.”

Como viver isso?

Ora, siga a orientação dada a Josué, que achou vida agradável e feliz:
“Pegue o Livro da Lei [Bíblia Sagrada]. Estude esse livro dia e noite e se esforce para viver de acordo com tudo o que está escrito nele. Se fizer isso, tudo lhe correrá bem, e você terá sucesso.”

É simples, mas exige uma atitude.

Você vai fazer o quê?

Leia a Bíblia: 
Provérbios, um capítulo por dia, todos os dias…
Josué capítulos 1 e 2
Apocalipse capítulos 1 a 3