Finalidade deste Blog

Olá, seja muito bem-vindo ao meu blog. Nele você encontrará textos de vários autores, inclusive o meu, é claro. Decidi fazer este blog para expressar meus pensamentos e minhas quimeras. Também estarei compartilhando mensagens bíblicas em texto e audio. Meu desejo é que você seja edificado. Então, deixe seu comentário e vejamos como nos edificaremos.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Aguarde com Esperança

Salmo 5:1-3
Escuta, Senhor, as minhas palavras,
considera o meu gemer.
Atenta para o meu grito de socorro,
meu Rei e meu Deus,
pois é a ti que imploro.
De manhã ouves, Senhor, o meu clamor;
de manhã te apresento a minha oração
e aguardo com esperança.

Quantas vezes já fomos consolados com o texto bíblico que nos diz: 

"O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã..."
Salmo 30.5 (paráfrase minha)

Eu mesmo já fui consolado por esse texto.

Já usei em situações de dor e angústia alheia a fim de trazer, de alguma maneira, uma palavra consoladora.

Mas, já ouvi muito:

"É Pastor, parece que essa noite é mais que um período de 18h às 6h do dia seguinte..."

E para muitos é mesmo!

Ao lermos  o texto do Salmo 5, em epígrafe, logo percebemos a árdua tarefa de aplicar a Palavra do Senhor na dinâmica existencial do ser humano.

"Existencializar" a Palavra de Deus é ofício do Espírito Santo! 

O que fazemos é proclamar a Palavra com fidelidade, pela iluminação do Espírito Santo, a fim de que Ele mesmo aplique na vida de quem tem ouvidos para ouvir o que o Espírito diz.

Portanto, uma coisa apenas quero lhe trazer hoje com esta devocional.

Quando estiver gemendo de sofrimento. Quando estiver gritando por socorro. Quando apresentar suas orações ao Eterno. Quando levantar o seu clamor...

Aguarde com Esperança, pois o Senhor, Todo Poderoso, Rei do universo, Majestoso e Sublime, Eterno, Conhecedor de todas as coisas, Soberano Deus, 
o Emanuel-Deus conosco...

Ele irá, ao Seu tempo, estender Sua poderosa mão e Se fazer presente em sua vida para cumprir Seus Eternos desígnios que jamais serão frustrados.

Ainda que a noite seja um período longo, aguarde com Esperança.

Siga o exemplo de Abraão, que:

"contra toda esperança, 
em esperança creu, tornando-se assim pai de muitas nações, 
como foi dito a seu respeito: 
“Assim será a sua descendência” 
Sem se enfraquecer na fé, reconheceu que o seu corpo já estava sem vitalidade, 
pois já contava cerca de cem anos de idade, 
e que também o ventre de Sara já estava sem vigor. 
Mesmo assim não duvidou 
nem foi incrédulo
em relação à promessa de Deus, 
mas foi fortalecido em sua fé 
e deu glória a Deus, 
estando plenamente convencido de que ele era poderoso para cumprir o que havia prometido."
Romanos 4:18-21

Que assim seja,
em nome de Jesus.

Em Cristo,
Marcelo Morais


quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Sem Impossíveis

Lucas 1:35-37
Respondeu-lhe o anjo: 
Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus. [...]
Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas.

É Natal. Se é a data certa, ninguém sabe, mas em quase todo o mundo é Natal.

Época em que grande parte da humanidade se lembra e se volta para o acontecimento mais importante e extraordinário do mundo. O nascimento de Jesus.

Como se deu?

Ora, desde presépios e cantatas, filmes e reportagens especiais, sermões e artigos, todos contam a história.

Uns mais dramáticos. Outros mais históricos. Mas, todos apontam para o irrefutável: Jesus.

Portanto, lembre-se que em todo o tempo a história aponta para o que é essencial e indispensável, Jesus.

Ao lembrar-se disso, tenha em mente que existe um envolvimento direto com o Espírito Santo e com o poder do Altíssimo nessa história.

Lembre-se de que o impossível humano é possível para Deus. Suas promessas são cumpridas.

Portanto, a história continua. O Espírito Santo nos envolve com o poder do Altíssimo a fim de que sejamos filhos de Deus vivendo com graça e amor em louvor e adoração.

Dessa forma, tanto no Natal como em todo o tempo, viveremos sem impossíveis para as promessas de Deus.

Fique na paz do Senhor.

Em Cristo,
Marcelo Morais.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Alegria Maior

Salmo 4:6-7
Muitos perguntam:
“Quem nos fará desfrutar o bem?”
Faze, ó Senhor, resplandecer sobre nós
a luz do teu rosto!
Encheste o meu coração de alegria,
alegria maior do que a daqueles
que têm fartura de trigo e de vinho.


Existe algo de surreal na vida cristã. Paradoxos são frequentes. Desafios inimagináveis. Enfrentamentos sobrehumanos.

O físico com autoridade sobre o espiritual. O natural superior ao sobrenatural. A Minoria superando a maioria na força física. Um Indivíduo vencendo centenas de soldados bem treinados. 

Forças da natureza submetendo-se à autoridade humana. Leis da física subjugadas. Até a morte foi tragada pela vida.

O menor sendo maior. Sendo escravo que se torna livre. No pouco que há abundância. Do inexistente é que tudo veio a existir.

Assim caminha o cristianismo.

Assim caminha a vida cristã.

É por isso que lemos o Salmo e em nada somos espantados:

"Encheste o meu coração de alegria,
alegria maior do que a daqueles
que têm fartura de trigo e de vinho."

Tudo isso, porque fomos iluminados com a luz do Senhor sobre nossas vidas.

Iluminados pelo Senhor, temos a alegria maior.

Fique na paz do Senhor.

Em Cristo,
Marcelo Morais

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Uma consulta diferente

Salmo 4:4
Irai-vos e não pequeis;
consultai no travesseiro o coração e sossegai.

Muitas vezes já sonhei com a solução de um problema. Acontecia ao me deparar com uma situação que eu tentava solucionar, mas sem sucesso.

Todavia, ao deitar eu revia mentalmente todo o processo é acabava dormindo com aquilo na cabeça. Daí, vinha o sonho com a solução do problema.

No outro dia, era começar a trabalhar e... "De repente" eu descobria a solução. Assim, "de repente"!

Pois é, segundo o texto do Salmo acima, o Espírito Santo é que revelou essa "técnica".

Quando se sentir injustiçado, envolvido num grande problema, enfrentando uma enorme dificuldade, ou perseguição, consulte seu coração ao deitar-se. O Senhor irá lhe mostrar onde está o problema. Como solucionar a situação. Assim, confie. Acalme-se e tranquilize-se. 

Caso perceba, pela ação do Espírito Santo, que tem algo relacionado com você, peça perdão.

"Oferecei sacrifícios de justiça
e confiai no SENHOR."
Salmo 4:5

De um modo ou de outro, o resultado será o mesmo...

Sossego do coração.

Fique na paz do Senhor.

Em Cristo,
Marcelo Morais.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Deus sabe quem é quem

Salmo 4:3
Saibam que o Senhor escolheu o piedoso;
o Senhor ouvirá quando eu o invocar.

O ser humano tem a inclinação de fazer suas escolhas pelo que vê, entende, consegue enquadrar em seus critérios, enfim, escolhe de ponto de vista humano.

Quando o povo de Israel foi escolher seu rei, optaram por um homem forte, belo, hábil e capaz. Tudo de acordo com os melhores critérios humanos e políticos para se escolher um rei.

Contudo, o rei Saul foi um desastre para o seu povo. Ele não foi a escolha de Deus.

Então, Samuel foi escolher o novo rei. Como era de se esperar, buscou os critérios humanos e políticos.

Ao ver Davi, ficou perplexo, afinal Davi não preenchia os critérios para ser rei.

O que Samuel teve de ouvir?

"O homem vê o exterior, Eu vejo o coração", disse Deus a Samuel.

Davi, um homem piedoso, foi escolhido por Deus e se tornou o maior rei de Israel.

Busquemos viver piedosamente, pois o Senhor sabe quem é quem.

Fique na paz doo Senhor.

Em Cristo,
Marcelo Morais

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Vem do Senhor

Salmo 3:8
8 Do Senhor vem o livramento.
A tua bênção está sobre o teu povo.

Quando perseguidos, o livramento vem do Senhor.

Quando necessitados, a bênção vem do Senhor.

Quando em sofrimento, o alívio vem do Senhor.

Quando enfermo, a cura vem do Senhor.

Quando sedento, o refrigério vem do Senhor.

Quando triste, a alegria vem do Senhor.

Quando abatido, o levantar vem do Senhor.

Quando desprezado, o amor vem do Senhor.

Quando em pecado, a disciplina vem do Senhor.

Quando arrependido, o perdão vem do Senhor.

Tudo vem do Senhor e para Ele tudo deve ser entregue.

Obrigado Senhor, pois a Tua benção está sobre o Teu povo.

Fique na paz do Senhor.

Em Cristo,
Marcelo Morais

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O Senhor me sustenta

Salmo 3:5
5 Eu me deito e durmo, e torno a acordar,
porque é o Senhor que me sustém.


Certa vez ouvi dizer que alguém tinha morrido de morte súbita. Parece que é um tipo de morte que acomete, na maioria dos casos, a pessoa enquanto ela está dormindo ou quando ela está saindo do sono.

Outra vez, vi em um filme uma criança que não queria mais dormir. Sua mãe havia "explicado" a morte da tia da criança usando a figura de deitar e dormir, mas que naquele caso a tia dela não iria mais acordar. Assim, a criança não queria mais dormir com medo de não mais acordar.

Quando paramos para pensar mais detidamente nesta questão, nos vem à mente que, na verdade, entre o dormir e o acordar existe um estado de fragilidade, de vulnerabilidade e incerteza que nos cerca de maneira irreversível e sem sequer o nosso consentimento. Todas as noites é a mesma coisa. 

O que nos mantém durante esse estado que nos faz acordar no outro dia?

O que nos sustenta enquanto estamos vulneráveis para acordarmos depois de um tempo de sono?

Será a proteção de um lar, um teto ou um cobertor?

Será a ordem fisiológica do corpo?

Será apenas o fim de um ciclo que se repete a cada vez que cansamos e necessitamos de descanso?

Claro que não!

Deitamos, dormimos e acordamos porque o Senhor nos sustenta.

Assim, quem tem essa consciência, tem a fé em Deus, pode dormir em paz, pois sabe que o Senhor renovará Suas misericórdias sobre sua vida a cada dia. Ele é quem nos guarda e nos sustenta.

Também, quem tem essa consciência, tem a fé em Deus, quando acordar do sono, pode louvar e adorar ao Deus Todo Poderoso, pois sabe que deitou, dormiu e acordou porque o Senhor o sustentou.

Você está acordado? Adore-O, pois foi Ele quem o sustentou.

Fique na paz do Senhor.

Em Cristo,
Marcelo Morais

domingo, 7 de dezembro de 2014

Mas Tu, Senhor

Salmo 3:3
3 Mas tu, Senhor,
és o escudo que me protege;
és a minha glória
e me fazes andar de cabeça erguida.


Cadeias de morte nos cercam...

Inimigos zombam...

Insubordinados se levantam...

Falsários conspiram...

"Mas tu, Senhor,
és o escudo que me protege;
és a minha glória
e me fazes andar de cabeça erguida."

Quando o Senhor é o escudo e a fortaleza daqueles que nEle confiam, segurança e honra são companheiras de jornada.

O fato é que neste mundo há muitos que procuram atacar, seja com armas físicas ou armas abstratas, como a fofoca, a inveja, o escárnio, o desprezo, o desrespeito, a ofensa e Etc.

Dessa forma, seguramente pode-se afirmar que que neste exato momento alguém está passando por algum tipo de ataque.

Quem sabe esse alguém seja você?

No passado foi o rei Davi. Mas hoje...

No passado, teve um "mas" para o salmista.

Hoje também tem. 

Então, ergamos nossa cabeça, pois protegidos pelo Senhor, escudo nosso, temos o Todo Poderoso como sendo a nossa Glória.

E assim seja!

Fique na paz do Senhor.

Em Cristo,
Marcelo Morais



sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Muitos adversários

Salmo 3:1-2

Salmo de Davi, quando fugiu de seu filho Absalão.
​1 Senhor, muitos são os meus adversários!
Muitos se rebelam contra mim!
2 São muitos os que dizem a meu respeito:
“Deus nunca o salvará!”


O livro dos Salmos, dentre outros propósitos, tem a capacidade de tocar nossa vida de uma maneira existencial como poucos.

Já nas primeiras leituras deparamo-nos com situações, sentimentos e histórias que parecem com o que estamos vivendo naquele mesmo momento.

Obviamente que uma análise histórico gramatical deixa claro seus personagens e contexto em que se deu a história.

Todavia, a Palavra de Deus tem em sua essência a capacidade de ser aplicada em nossas vidas de tal maneira que nos mostra o quão ela é viva e eficaz, atual e pertinente, sempre.

Então, voltando para o texto em epígrafe, o salmista fez uma sincera oração. Reconheceu que estava sendo perseguido e zombado. 

Ele foi o rei instituído por Deus em Israel, mas rebeldes não consideram isso. 

Ele foi um homem que pôs sua confiança em Deus, mas seus inimigos zombam de sua fé.

Ele foi o rei Davi, mas, pela Palavra Viva e Eficaz, pode ser qualquer um de nós hoje.

Sejamos como ele foi, um homem, uma mulher, segundo o coração de Deus.

Certamente iremos ver que o mesmo Deus de ontem, o é hoje, e para sempre o será Deus de poder e livramento.

Fique na paz do Senhor.

Em Cristo,
Marcelo Morais

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

O Senhor é que estabelece

Salmo 2:6
6 “Eu mesmo estabeleci o meu rei
em Sião, no meu santo monte”.

Talvez um dos maiores mistérios do mundo seja a dinâmica que envolve a relação entre a Soberania de Deus e a responsabilidade do homem.

Muitas vezes ficamos sem discernir o que em nossas vidas é cumprimento dos desígnios de Deus ou consequência de nossas ações, sendo assim, nossa responsabilidade.

Em outros momentos percebemos que o cumprimento dos desígnios de Deus, sob Sua Soberania, está diretamente atrelado à nossa responsabilidade.

Qual é, então, a chave de interpretação da história que vivemos?

Comunhão e Submissão.

Longe de Deus, ficamos sem perceber Sua mão poderosa executando Seus Eternos, Divinos, Soberanos e Sábios desígnios.

Longe do Soberano, pensamos ser tudo nossa responsabilidade ou, ao contrário, tudo culpa de Deus.

Portanto, Comunhão com Deus nos faz perceber quem somos, o que Ele faz e qual o nosso papel na história.

Junto à Comunhão está a Submissão, pois uma vez conhecedores do nosso papel, cabe cumpri-lo. Saber a vontade de Deus vem acompanhado da necessidade de fazer a vontade de Deus. Sem essa prática corremos o risco de sermos enquadrados como "filhos da desobediência", posição essa terrível para o ser humano.

Dessa forma, aproveitemos e tempo e a direção do Espírito Santo para nos aproximarmos cada vez mais do Senhor e oremos: "seja feita a Tua vontade".

Fique na paz do Senhor.

Em Cristo,
Marcelo Morais


segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Revolta e Tolice



Salmo 2:1
Por que as nações pagãs planejam revoltas?
Por que os povos fazem planos tão tolos?


Certamente você já ouviu dizer sobre o rebelde sem causa.

Aquele que em seu coração se revolta contra tudo e todos ao seu redor.

Algumas vezes por coração ferido, mágoas e decepções seu comportamento é compreensível, mas nunca justificado.

Agora pense nesse comportamento em relação a Deus. Revolta e Tolice contra o Criador. Rebeldia contra o Senhor Todo Poderoso. Tudo isso é vão. Em nada mudará os desígnios de Deus. E o pior, nada justificará esse comportamento.

Portanto, o melhor a ser feito é achegar-se a Deus com coração contrito e espírito compugido a fim de alcançar graça e misericórdia. 

Assim, alegria e satisfação, felicidade e compreensão, contentamento e paz serão em nossos corações frutos produzidos pela ação do Espírito Santo.

Lembre-se, o Senhor nos tem chamado à comunhão e intimidade. Deixemos planos vãos para trás e vivamos em Sua presença, em Cristo Jesus.

Fique na paz do Senhor.

Em Cristo,
Marcelo Morais.