Finalidade deste Blog

Olá, seja muito bem-vindo ao meu blog. Nele você encontrará textos de vários autores, inclusive o meu, é claro. Decidi fazer este blog para expressar meus pensamentos e minhas quimeras. Também estarei compartilhando mensagens bíblicas em texto e audio. Meu desejo é que você seja edificado. Então, deixe seu comentário e vejamos como nos edificaremos.

domingo, 28 de junho de 2009

Que Amor é esse?

TEXTO

Romanos 5:8 – Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.

INTRODUÇÃO

Que amor é esse? Que amor é capaz de perceber todas as ofensas e maldades que uma pessoa possa fazer contra a outra e ainda assim ser perdoada a malfeitora?

Muita gente vive a ilusão de um amor muito sentimental. Mas, amor não é só sentimento. Amor é atitude. Para quem ama, o amor é atitude. Para quem é amado, o amor é sentimento.

Não obstante, a visão infantil e fantasiosa de amor ainda ofusca nosso entendimento do que seja o verdadeiro amor. Às vezes pensamos que o amor é como descrito no conto da Cinderela, que nos leva a pensar que é possível viver sem contendas, brigas, discussões, conflitos, problemas e etc. Outras vezes, como na tragédia de Romeu e Julieta, que por sua vez nos faz pensar que o amor é algo inalcançável. Ficamos submergidos nos problemas e conflitos ao ponto de pensarmos que o amor não existe, ou se existe é impossível de ser alcançado.

Ora, mas “Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

QUE AMOR É ESSE?


1. É UM AMOR INCONDICIONAL

Deus ama ainda sendo pecadores.

Romanos 5:12 Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.

Romanos 3:23 pois todos pecaram e carecem da glória de Deus.

Eclesiastes 7:20 Não há homem justo sobre a terra que faça o bem e que não peque.

Genesis 6:5 Viu o SENHOR que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração.

Jó 15:14 Que é o homem, para que seja puro? E o que nasce de mulher, para ser justo? Eis que Deus não confia nem nos seus santos; nem os céus são puros aos seus olhos, quanto menos o homem, que é abominável e corrupto, que bebe a iniqüidade como a água!
Salmo 58:3 Desviam-se os ímpios desde a sua concepção; nascem e já se desencaminham, proferindo mentiras.

Agostinho: “O que é inocente nas crianças é a debilidade dos membros infantis, e não a alma.”

João Ubaldo Ribeiro. Autor de livros que viraram novelas e filmes, tais como “Tieta do agreste” e “Deus é brasileiro”:

“Nós vivemos num ambiente de lassitude moral que se estende a todas as camadas da sociedade. Nós somos um povo de comportamento desonesto de maneira geral, ou pelo menos um comportamento pouco recomendável. Se você me acompanhar à rua, a gente pode até fazer uma experiência. A população da Zona Sul do Rio de Janeiro é formada em grande parte de gente da terceira idade. Quando um idoso atravessa a rua, os motoristas de ônibus costumam acelerar em ponto morto, fazendo um barulhão. Eles querem dar um susto no velho, eles querem matar o velho. Já vi fazerem isso com crianças, que acabam saindo correndo [...].” (Revista Veja, João Gabriel de Lima, Edição nº 1905, 18/05/2005).

Khaled Hosseini, escritor do livro “O caçador de pipas.”
O pai de Amir:
“Quando você mata um homem, está roubando uma vida. Está roubando da esposa o direito de ter um marido, roubando dos filhos um pai. Quando mente, está roubando de alguém o direito de saber a verdade. Quando trapaceia, está roubando o direito à justiça. Entende?”

Romanos 3:23 pois todos pecaram e carecem da glória de Deus.

Entretanto, somos amados pelo que nós somos e não pelo que nos tornamos ou pelo que nos tornaremos.

O amor de Deus não é uma arapuca que tenta te pegar e te mudar a força.

Marcos 10:21 E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me.

O amor de Deus é incondicional!


2. É UM AMOR MEDICINAL

A baixa auto-estima que assola o coração do homem.

O amor de Deus derruba a auto-estima humana, mas produz uma grande estima pelo Filho de Deus. (Wadislau Martins Gomes)

Impressão que o que nós somos não é suficiente para Deus nos amar.

Que amor é esse? É um amor que cura feridas emocionais.

É um amor curativo, restaurador, medicinal.

Lucas 22:60-62 Mas Pedro insistia: Homem, não compreendo o que dizes. E logo, estando ele ainda a falar, cantou o galo. Então, voltando-se o Senhor, fixou os olhos em Pedro, e Pedro se lembrou da palavra do Senhor, como lhe dissera: Hoje, três vezes me negarás, antes de cantar o galo. Então, Pedro, saindo dali, chorou amargamente.

Jesus e Pedro não são os únicos na noite, mas bem poderiam ser. Jesus está rodeado de acusadores, porém não responde. Está cercado de inimigos, porém não reage. O ar da noite está cheio de insultos, porém Ele não os escuta. Mas deixa um seguidor escorregar, quando deveria estar de pé, e a cabeça do Mestre aponta de repente, e seus olhos perscrutam as sombras, e o discípulo sabe.
“O Senhor olha desde os céus e está vendo a todos os filhos dos homens; da sua morada contempla todos os moradores da terra. Ele é que forma o coração de todos eles, que contempla todas as suas obras” (Sl 33.13-15).
Você sabe quando Deus sabe. Você sabe quando Ele está olhando. Seu coração lhe diz. Sua Bíblia lhe fala. Seu espelho lhe conta. Quanto mais você corre, mais complicada fica a vida. Porém, tão logo você confessa mais leve se torna o seu fardo [...] O segredo ergue uma cerca; a confissão constrói uma ponte. (Max Lucado, Nas garras da Graça, cap.12).

Salmo 32:3-5 Enquanto calei os meus pecados, envelheceram os meus ossos pelos meus constantes gemidos todo o dia. Porque a tua mão pesava dia e noite sobre mim, e o meu vigor se tornou em sequidão de estio. Confessei-te o meu pecado e a minha iniqüidade não mais ocultei. Disse: confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a iniqüidade do meu pecado.


3. É UM AMOR ILIMITADO

Deus é amor e importa que o homem ame ao próximo como a si mesmo, demonstrando o relacionamento de amor existente na Trindade. É interessante notar que a Bíblia trata que deve-se amar a Deus sobre todas as coisa, contudo é impossível amar a Deus em primeiro lugar. Não é confusão, é a lógica divina. A Bíblia traz que o homem só ama porque Deus o amou primeiro, assim, pois, sem o amor de Deus na vida do homem ele não consegue ter nenhuma expressão de amor. Depois, a Bíblia mostra que “se alguém disser: amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê”, ainda diz que o homem deve amar o próximo como ama a si mesmo. Dessa forma, a aplicação do amor segue a seguinte rota: receber o amor de Deus; amar a si mesmo; amar ao próximo como a si mesmo; e amar a Deus acima de todas as coisas.

1 Jo 4:19-21 Nós amamos porque ele nos amou primeiro. Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a Deus ame também a seu irmão.

1 Jo 4:12 Ninguém jamais viu a Deus; se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é, em nós, aperfeiçoado.

Melhor dar do que receber.

Que amor é esse? É um amor multiplicador, superabundante, extravagante.
Amor ilimitado!

CONCLUSÃO

Que amor é esse? É o próprio Jesus Cristo!

Lembro-me de Karl Barth que ao ler 1Co 13 troca a palavra amor pela Palavra Jesus.

Que tal você tentar fazer isso? Ao ler, tente sentir o amor de Deus, que está em Cristo Jesus, dentro do seu coração.


Pergunta de aplicação:

Quais tem sido as expressões do amor de Deus na sua vida? Como você as tem sentido?

Um comentário:

DIOGO FREITAS disse...

Saiba:
Nós AMAMOS você e sua família.
Grande e forte abraço.
Diogo, Paty, Ana e Iza.