Finalidade deste Blog

Olá, seja muito bem-vindo ao meu blog. Nele você encontrará textos de vários autores, inclusive o meu, é claro. Decidi fazer este blog para expressar meus pensamentos e minhas quimeras. Também estarei compartilhando mensagens bíblicas em texto e audio. Meu desejo é que você seja edificado. Então, deixe seu comentário e vejamos como nos edificaremos.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

"Lá Vem Aquele Sonhador" Gn 37:19 (NVI)

Os sonhos são de fato algo extremamente curioso. Alguns são variações do dia, ou seja, perturbações ou preocupações que sentimos ou passamos durante o tempo acordado que ao adormecer viram sonhos parecendo realidade. Anseios também fazem parte dessas variações do dia. Contudo, existem sonhos que são verdadeiras revelações de Deus para os seus escolhidos. Foi assim com Abraão, Jacó, José, Gideão, Salomão e etc. Ainda que a revelação de Deus quanto à sua Palavra tenha cessado, Deus tem “revelado” sua vontade ao seu povo por meio de sonhos. Isso quer dizer que diante das adversidades da vida cristã, em quaisquer que sejam o seu âmbito, eclesiástico, pessoal, profissional, familiar, estudantil e outros, o Senhor tem revelado aos seus servos qual a sua boa, perfeita e agradável vontade para o cumprimento do Seu propósito aqui nesta nossa existência terrena. É claro que essa “revelação” deve estar amparada consistentemente na Sua Palavra, senão, não passará de variação do dia ou engodo do ser humano e até do diabo.
Diante disso, podemos sonhar (Joel 2:28; At 2:17). Sonhar com dias melhores para nossas vidas, nossa casa, nosso emprego, nosso relacionamento, e por que não, nossa igreja. A igreja comunitária, que faz parte da Igreja Invisível do Senhor Jesus Cristo, deve ter seus sonhos para melhor cumprir sua missão. Deve visualizar, pela fé, seus vôos cada vez mais altos para glorificar o nosso Deus, fazendo com que o seu nome seja conhecido na comunidade, cidade, estado, país e nações do mundo.
Porém sonhar não é fácil. Sonhar pressupõe descanso e não ativismo. Fisicamente temos de estar dormindo para sonharmos. Nossas emoções, quando muito perturbadas, produzem pesadelos e não sonhos. Sonhar requer uma mente esperançosa, mesmo quando o desespero é a mola propulsora do sonho, pois o sonho será capaz de reanimar o desesperado trazendo-lhe nova esperança.
Assim são os sonhos, instrumentos de Deus e mecanismo de um ser humano pecador que precisa de motivação para viver segundo seu mandato cultural, social e espiritual.
Será que temos sonhado o suficiente para nos motivarmos ou sermos motivados pelos sonhos que vêm de Deus? Será que a nossa igreja, como ela é, está nos nossos sonhos ou será que sonhamos com algo melhor? Será que Deus sonha com a sua Igreja?
Ora, alguém pode levantar a questão de que sonhos são manifestações humanas e que não devem ser aplicados a Deus. Contudo, se levarmos em consideração que sua vontade é um tipo de sentimento tal como o nosso, sendo, porém, perfeito, temos a impressão que Deus sonha sim! Sua Palavra nos diz que Ele “deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.” (1Tm 2:4). O Espírito Santo anseia com ciúmes por nós (Tg 4:5). Sua vontade é boa, perfeita e agradável (Rm 12:2). Em todos estes termos temos a conotação de sentimentos humanos, contudo quando aplicados em Deus são perfeitos e imaculados. Por isso, os sonhos de Deus são sonhos altaneiros, celestiais, perfeitos e devem ser considerados pela Igreja de Jesus Cristo como sendo algo a ser alcançado, desejado e digno de buscar o seu cumprimento.
Sabe, José do Egito foi um grande Sonhador. Ele sonhou os sonhos de Deus. A Igreja deve sonhar os sonhos de Deus. Deve estar em sintonia com o Pai, a fim de saber quais os Seus sonhos para ela. Assim, quando estivermos andando rumo à Glória, as pessoas dirão a nosso respeito: “Lá vão os Sonhadores!”. Sonhadores sim, porém, seremos os sonhadores dos sonhos de Deus, amém. Vamos em busca deles?

Deus nos abençoe,
Marcelo Morais

Nenhum comentário: